0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 08/03/2018

ÁGUA BOA – O governo do estado pagou uma parcela atrasada ao Hospital Regional Paulo Alemão, de R$ 600 mil no mês de fevereiro. A informação é do presidente da Câmara de Vereadores, José Ari Zandoná.

Porém, como já venceu outra parcela, a dívida do governo com o hospital ainda permanece em R$ 2,4 milhões de reais. Mesmo assim, o hospital regional mantem todos os atendimentos graças a participação dos municípios do Consórcio que mantem o repasse de recursos.

 

=========================== 

 

ATUALIZADA DIA 16/02/2018

ÁGUA BOA – O governo do Estado deve ao Hospital Regional Paulo Alemão, 4 parcelas atrasadas. Os recursos alcançam uma dívida de R$ 2,4 milhões. A informação é do presidente do Poder Legislativo. José Ari Zandoná disse que mesmo assim, graças às prefeituras do Médio Araguaia, o hospital mantem todos os atendimentos básicos.

Nos próximos meses existe a necessidade de um novo convênio ser firmado entre o estado e o Consórcio Regional que administra o hospital. A visita do governador Pedro Taques neste sábado servirá para que as lideranças regionais cobrem o repasse dos recursos em atraso.

 

============================ 

 

ATUALIZADA DIA 31/01/2018

ÁGUA BOA – O governo do Estado deve 3 parcelas de R$ 600 mil ao Hospital Regional Paulo Alemão de Água Boa. E hoje, vence a quarta parcela, totalizando uma dívida de R$ 2,4 milhões que o governo tem com o atendimento hospitalar do Médio Araguaia.

A informação é do presidente da Câmara de Vereadores. José Ari Zandoná está viajando hoje a Cuiabá para cobrar providências. Ele disse que no mês de março, vencerá o contrato que o governo mantém com o hospital Regional.

Zandoná lembra que nosso hospital é o que mais presta serviços em comparação com os outros hospitais regionais do Mato Grosso, mas é o que menos recebe recursos do governo. Um novo aditivo deve ser estabelecido, mesmo que o governo continue dizendo que não tem recursos para a saúde.

 

=========================== 

 

 

Vereador Ari Zandona