0
0
0
s2sdefault

2018 01 turno ÁGUA BOA – O departamento de jornalismo da Rádio Interativa efetuou levantamento de dados das eleições presidenciais no país no atual século. Desde a primeira eleição de Lula em 2.002 até o primeiro turno desse ano, os números mostram que o Partido dos Trabalhadores perdeu mais de 21 milhões de votos.

A vitória de Lula no segundo turno de 2.002 foi marcante, com 61,2% (52.793.000 votos) contra 38,8% (33.370.000) de José Serra. Em 2.006, Lula se reelegeu com folga fazendo 58.295.000 (60,8%) contra 37.543.000 (39,2%) de Alckmin. Brancos, nulos e abstenções somaram 29.800.000 (25%).

Daí em diante, as vitórias petistas foram sempre com menor expressão.

Em 2.010, Dilma se elegeu com 55.759.000 ou 56%. José Serra fez 43.711.000 (44%). Abstenção, nulos e brancos 34 milhões de votos. Em 2.014, Dilma se reelegeu alcançando 54.500,000 (51,6%) contra 51.041.000 (48,4%) de Aécio Neves. Abstenções, nulos e brancos foram mais de 38 milhões de eleitores (28%).

No primeiro turno desse ano de 2.018, Bolsonaro alcançou 49.276.000 (46%). Haddad do PT fez 31.342.000 (29,2%). Votos brancos, nulos e abstenções em primeiro turno nesse ano somaram de mais de 40 milhões de votos (29%).

Nota-se claramente uma queda acentuada da votação do Partido dos Trabalhadores. De 2.002 para cá, o PT perdeu 21 milhões e 400 mil votos. Também foi a primeira eleição nesse século em que o Partido dos Trabalhadores não faz a maioria dos votos em primeiro turno.

Foram feitos levantamentos de dados nos sites do TSE, do Uol, G1, e da Folha para apurar os números. (Wallacy Ribolli e Inácio Roberto) VEJA TODAS AS TABELAS

 

Veja Também