• Anuncie
  • Brasil Escolar
  • Informativo Camara
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

CUIABÁ - Com a instalação da Comissão Eleitoral na semana passada, começa formalmente o período de eleições da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja). O dia de votação para escolha da nova diretoria e dos delegados para o triênio 2018/2020 será 13 de novembro. Este é o sexto processo eleitoral da entidade, que congrega aproximadamente 5.000 agricultores de soja e milho no estado.

Todos os representantes da Aprosoja são produtores que se voluntariam para o trabalho de representação política de classe. Os cargos de delegados e diretores terão seus responsáveis definidos por voto direto e secreto neste ano, distribuídos por 24 núcleos de produtores – além da sede, em Cuiabá.

“Desde sua fundação, a associação tem aprimorado seu funcionamento para congregar mais participantes e obter resultados efetivos em prol da agricultura mato-grossense. O processo eleitoral é uma das ferramentas que adotamos para dar legitimidade, transparência e eficiência à atuação da entidade”, observa o presidente da Aprosoja, Endrigo Dalcin.

Agrônomo de formação, Dalcin começou a participar da associação em 2007, quando foi eleito delegado por Nova Xavantina. Em 2011, tornou-se segundo vice-presidente Leste, e em 2013 assumiu como vice-presidente regional. Em 2015, foi eleito com 60% dos votos válidos, no primeiro processo eleitoral disputado com duas chapas na história da Aprosoja.

Conforme a governança da associação, a Comissão Eleitoral será a instância a conduzir o processo de definição de chapas e a votação propriamente dita. É composta por ex-presidentes, que são conselheiros consultivos da entidade. Neste pleito, a presidência será ocupada por Glauber Silveira; a vice-presidência por Ricardo Tomczyk; e Rogério Sales será secretário.

“Temos regras claras e uma cultura organizacional que tem garantido disputas éticas e propositivas. Nosso papel é preparar a entidade para mais este importante marco em sua história, assegurando a transparência e coerência necessárias para o exercício da cidadania”, afirma Glauber Silveira.

A atuação classista da Aprosoja adquiriu relevância política e institucional tanto em Mato Grosso como no Brasil. Em alguns temas, o reconhecimento tem sido internacional, como é o caso da busca por práticas agrícolas cada vez mais sustentáveis e do fomento à produção de soja convencional.

Pelo blog Eleições 2017, os associados e os pré-candidatos podem acompanhar notícias e se informar sobre as regras do processo eleitoral.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

CUIABÁ - Quatro deputados alvos da Operação Malebolge, da Polícia Federal, foram afastados dos cargos que ocupavam na Comissão de Ética da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Oscar Bezerra (PSB), Silvano Amaral (PMDB), Ondanir Bortolini o dep. Nininho, (PSD), e Romoaldo Júnior (PMDB) tiveram os gabinetes vasculhados pelos agentes. A mudança na composição da comissão foi informada pelo presidente da ALMT, Eduardo Botelho (PSB).

Ao todo, cinco deputados da Comissão de Ética foram citados na delação do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) como supostos beneficiados com o recebimento de propina e de mensalinho do Executivo.

O deputado Nininho teria negociado propina para aumentar o pedágio na MT-130, que liga os municípios de Primavera do Leste e Rondonópolis, a 239 km e 218 km de Cuiabá, respectivamente. Silval teria recebido R$ 7 milhões com o esquema. Nininho diz que não vai ser manifestar sobre as acusações.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer (PMDB) registrou a pior aprovação pessoal e de governo da série histórica da pesquisa CNT/MDA, cuja última edição foi divulgada nesta terça, pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Do ponto de vista de avaliação de governo, a série histórica da pesquisa começou a ser registrada pela CNT em julho de 1998, durante o segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. De lá para cá, Temer é o presidente da República com a pior avaliação.

Segundo os dados do levantamento, a avaliação negativa do peemedebista alcançou 75,6% em setembro. Até então, o pior desempenho era da ex-presidente Dilma Rousseff, que teve índice de 70,9% em julho de 2015.

Temer também é dono do pior desempenho pessoal da história, avaliação que começou a ser medida em 2001. Isso porque 84,5% dizem desaprovar o desempenho do presidente, segundo dados de setembro. A 134ª pesquisa CNT/MDA foi realizada entre os dias 13 e 16 de setembro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas, das cinco regiões do Brasil. A margem de erro é 2,2 pontos porcentuais, com 95% de nível de confiança. (Ascom)

Add a comment
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

ÁGUA BOA - O vereador Alan Apio apresenta hoje na Câmara de Vereadores, pedido para realizar uma Audiência Pública a fim de discutir o crescimento da violência entre crianças e jovens.

Nos últimos meses, imagens várias ações de confronto e violência entre estudantes na saída dos colégios, foram postadas nas redes sociais. O vereador quer que a sociedade discuta o problema para se achar soluções urgentes.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

CUIABÁ - Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o deputado Eduardo Botelho (PSB) disse que alguns dos colegas parlamentares denunciados pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB) em sua delação premiada e foram gravados em vídeos recebendo maços de dinheiro estariam depressivos.

Botelho, que também foi citado na delação, mas não aparece em vídeo, durante entrevista coletiva na semana passada, deu a entender que o motivo da depressão de alguns deputados seria em virtude da exposição em rede nacional das imagens gravadas por Silvio Cézar Corrêa Araújo, ex-chefe de gabinete de Silval.
Nos vídeos, amplamente divulgados em telejornais nacionais e grandes portais de notícias, deputados que hoje não têm mais mandato eletivo e também parlamentares ainda na ativa, aparecem recebendo maços de dinheiro e colocando no bolso do paletó, em bolsas e até caixa de papelão.
Enéas Jacobina

Add a comment
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Prefeita Dalva COCALINHO - A prefeita de Cocalinho está bastante preocupada com a seca que atinge o município. Dalva Lima Peres disse que os poços artesianos que abastecem a cidade estão diminuindo a vazão de água, e com o calor reinante, o consumo só aumenta.

“Estamos fazendo uma força tarefa em todos os poços. Teve poço artesiano que foi reescavado mais de 30 metros para instalação da bomba em nível mais profundo. A situação é preocupante, pois nos assentamentos, chácaras e fazendas, a água também está secando. Hoje, em um assentamento próximo da cidade começou o abastecimento de água por meio de caminhão pipa".

A prefeita Dalva disse que o cidadão sofre, as plantações e os animais também. As autoridades estão angustiadas pra resolverem o problema. Um novo poço foi perfurado na cidade e todos os outros estão passando por limpeza. Um reservatório de 98.000 litros que estava desativado a dez anos foi recuperado e colocado em funcionamento. Sem previsão de chuvas para os próximos dias, a prefeita Dalva está preocupada com a estiagem.

“Elaboramos projetos para a construção de mais três reservatórios e protocolamos na SECID em Cuiabá”. Ela espera por ajuda do governo estadual e de emendas federais para solucionar de vez a falta de água em Cocalinho, algo que ocorre há mais de 10 anos.

Add a comment