• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

desmanche 1NOVA XAVANTINA - A Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina prendeu três pessoas em flagrante delito e recuperou diversos produtos furtados na cidade e região, desmantelando uma quadrilha especializada em arrombamentos de galpões, oficinas e residências.

Após diversos furtos de maquinas e ferramentas na cidade, os investigadores saíram em diligências com objetivo de identificar os autores dos crimes, bem como recuperar bens subtraídos de diversas vítimas, quando descobriram que W. P. L. (44) estava residindo novamente na cidade de Nova Xavantina. Dessa vez estava na companhia de G. O. S. (30) e M. M. S. (21) ambos do Estado do Pará. Consta na investigação que 'Jacaré' ficava o dia todo em casa e saía a noite com os referidos jovens para a prática de furtos na região.

Em monitoramento da casa dele, os Policiais Civis perceberam que o mesmo estava saindo da cidade sentido Agua Boa numa caminhoneta F1000 de cor branca e que no seu interior havia uma motocicleta sem placa, um compressor profissional e diversas ferramentas sem procedência. Os Policiais conseguiram interceptar a quadrilha na BR 158 nas proximidades do Assentamento Banco da Terra e prenderam os mesmos em flagrante.

Na residência do suspeito foram localizados diversos objetos furtados, dentre eles três freezers verticais, bancada de mecânico, ferramentas, botijão de gás, entre outros.

A investigação constatou que a quadrilha estava se deslocando para a Vila Matinha, localizada Agua Boa e Ribeirão Cascalheira e por isso pediram apoio para a delegacia de Agua Boa e Canarana, os quais se fizeram presente na referida vila. Lá eles localizaram um desmanche de veículos e um depósito de objetos furtados, uma arma de fogo calibre .22 com boa quantidade de munição, e uma motocicleta furtada na cidade de Canarana.

Os presos tiveram suas prisões ratificadas pela autoridade Policial que determinou a lavratura do Auto de prisão em flagrante pelos crimes de Associação Criminosa, Furto Qualificado, Adulteração de Sinal Veicular e Porte Ilegal de Arma de Fogo. Após passarem pelos procedimentos de praxe, foram conduzidos até a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, ficando à disposição da Justiça.
Vale ressaltar ainda que o suspeito W. P. L. (44) possuía mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela comarca de Ponta Porã/MS onde esta sendo processado pelo crime de Tráfico de Droga. (Ascom)

 

Veja Também