• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

NOVA XAVANTINA – Na tarde desta segunda feira (24), a Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina prendeu duas mulheres e apreendeu uma adolescente após roubarem um veículo de um cidadão que foi sedado logo após aceitar bebida alcoólica fornecida pelas mulheres.

O crime ocorreu por volta das 20 horas do dia 23/06, quando três mulheres pediram carona à vítima nas proximidades da Praia do Sol. Após colocar as três mulheres no seu veículo, seguiram rumo a Agua Boa, entraram numa estrada vicinal onde a vítima aceitou bebida alcoólica fornecida por elas.

Após a ingestão da bebida, o homem de 36 anos desmaiou, e somente acordou no meio do mato com algumas lesões em sua face. Na manhã de segunda-feira, notando que as suspeitas haviam subtraído seus documentos pessoais, seu cartão bancário e seu veículo Gol Rally, o homem ainda meio sedado, procurou a Delegacia relatando o ocorrido.

Ele disse que as suspeitas estavam comprando com seu cartão de débito, dando um prejuízo aproximado de R$ 3 mil reais. A Polícia Civil entrou em contato com o Banco, bloqueando o cartão da vítima. Os investigadores saindo em diligências localizaram as suspeitas uma de 22 anos, outra de 18, e uma terceira, menor de apenas 16 anos. Elas estavam no Bairro Estilac Leal, mas já tinham abandonado o veículo furtado na cidade de Querência.

As suspeitas portavam algumas sacolas com chinelos comprados com o cartão da vítima, dois celulares e outros objetos adquiridos de forma ilícita. O Veículo Gol Rally de propriedade da vítima foi localizado pela Polícia Civil de Querência. Vale lembrar que uma das jovens e a menor foram detidas recentemente após assaltarem uma mercearia na cidade de Nova Xavantina, inclusive com emprego de arma de fogo.

Foram libertadas na época por estarem fora do flagrante. Dessa vez as suspeitas foram presas em flagrante delito pelo crime de Roubo e a menor apreendida em flagrante por Ato Infracional análogo ao crime de roubo. As maiores de idade foram encaminhadas para a Cadeia Pública de Nova Xavantina, ficando a disposição da Justiça. Para a menor será necessário aguardar uma vaga em Centro Socioeducativo. (Ascom PJC)

Veja Também