0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 19 JUNHO 2019

 

ÁGUA BOA – A Polícia Civil continua trabalhando na investigação de crimes graves ocorridos em nossa cidade.

Um roubo, sequestro e cárcere privado foi registrado no dia 08 de abril desse ano no Bairro Guarujá. O casal foi surpreendido em casa no final da madrugada por 5 marginais fortemente armados.

Os suspeitos ameaçaram e agrediram o casal e ambos foram amarrados no quarto onde a filha de 3 anos dormia. Os bandidos localizaram um revólver calibre 22 e uma espingarda cal. 28, ambas registradas em nome de uma pessoa já falecida. Depois, os marginais pegaram algumas joias e roubaram um Grand Siena branco da família, placa OAZ-9678.

Alguns deixaram a casa enquanto 3 suspeitos permaneceram, mas em seguida, também saíram do local. Os marginais informaram que abandonariam o veículo próximo da UAB. O veículo foi encontrado pela PM no estacionamento da Casa Mortuária.

Após intensas investigações da Polícia Civil e apoio da Polícia Militar, seis suspeitos adolescentes e maiores foram detidos. Alguns foram indiciados por roubo majorado pelo concurso de pessoas, restrição de liberdade das vítimas, emprego de arma de fogo, associação criminosa majorada pela participação de adolescentes, tráfico, associação para o tráfico e corrupção de menores.

As investigações prosseguiram até que a Polícia chegou a outro participante do crime. Trata-se de elemento perigoso que teve participação ao assalto frustrado ao Aeroporto Municipal em 23 de fevereiro desse ano.

O mandado de prisão de hoje está sendo cumprido em desfavor de um elemento que já está preso na Penitenciária Regional Major Zuzi, e ali permanecerá preso, mas agora, respondendo por mais um crime. Por participação nesse crime, já foram indiciados 4 menores e três adultos jovens.

VEJA MATÉRIA DO ROUBO AO AEROPORTO AQUI - http://www.iappe.com.br/portal/policial/12922-tentativa-de-roubo-no-aeroporto-4-suspeito-e-preso-pela-pjc-em-aragarcas

 

====================================== 

 

ATUALIZADA DIA 15 ABRIL 2019

 

ÁGUA BOA – Dois menores que estavam apreendidos a espera de vaga em Centro Socioeducativo por participação em assalto a mão armada e cárcere privado, foram liberados.

Acontece que o Estado não disponibilizou vagas aos menores. Dos 4 menores apresentados pela polícia, a garota foi liberada na audiência de custódia na semana passada.

Ela não participou dos crimes, apenas estava na casa onde os suspeitos se esconderam. Dos três menores apontados como participantes dos crimes, dois foram liberados e apenas um foi internado em Centro Socioeducativo em Lucas do Rio Verde.

A falta de vagas para menores é gritante em Mato Grosso. Com isso, menores perigosos que estavam armados e praticaram o assalto sob ameaça das vítimas, estão soltos nas ruas.

O crime ocorreu na segunda-feira da semana passada em uma residência do Bairro Guarujá. Seis foram presos pela Polícia Civil, sendo dois maiores e os menores.

 

=========================================== 

 

ATUALIZADA DIA 11 ABRIL 2019

ÁGUA BOA – Os menores envolvidos no assalto a mão armada à uma residência na segunda-feira dessa semana no bairro Guarujá, passaram por audiência de custódia ontem no Fórum da comarca.

A garota foi liberada uma vez que não participou da ação. Ela apenas estava na casa onde os suspeitos se refugiaram após praticarem o assalto.

Um dos menores foi transferido para internação em Unidade Socioeducativa de Lucas do Rio Verde, MT. Os outros dois menores suspeitos de participação no crime seguem apreendidos no CISC local aguardando vagas para internação em outras unidades para menores.

Outros dois maiores também participaram do crime e estão presos.

 

=========================================== 

ATUALIZADA EM 09 ABRIL 2019

Roubo e cárcere privado no Br. Guarujá

cárcere

ÁGUA BOA – Um roubo, sequestro e cárcere privado foi registrado ontem no Bairro Guarujá. Os policiais militares se deslocaram para a Av. Tropical assim que receberam o chamado. O fato ocorreu por volta das 5hs 30min, quando as galinhas ficaram assustadas.

A esposa da vítima foi verificar o fato e já encontrou os elementos armados com armas curtas no quintal, anunciando o roubo. Os suspeitos ameaçaram e agrediram o casal com tapas e coronhadas na cabeça, amarrando-os em seguida. Ele ainda teve o rosto coberto por uma fronha de travesseiro.

A mulher ficou amarrada no quarto onde sua filha de 3 anos dormia. A todo momento os suspeitos conversavam entre si dizendo que queriam entrar na residência de um médico ao lado. Os bandidos também insistiram em saber onde estavam as armas da vítima.

Os marginais localizaram um revólver calibre 22 e uma espingarda cal. 28, ambas registradas em nome de uma pessoa já falecida. Depois, os marginais pegaram algumas joias e roubaram um Grand Siena branco da família, placa OAZ-9678. Alguns deixaram a casa enquanto 3 suspeitos permaneceram, mas em seguida, também saíram do local.

Os marginais informaram que abandonariam o veículo próximo da UAB. O veículo foi encontrado pela PM no estacionamento da Casa Mortuária.

Após intensas investigações da Polícia Civil e apoio da Polícia Militar, seis suspeitos foram detidos ainda ontem. Adolescentes e maiores foram detidos pelas forças policiais. Quatro menores apreendidos e dois maiores estão sendo indiciados em diversos crimes: roubo majorado pelo concurso de pessoas, restrição de liberdade das vítimas, emprego de arma de fogo, associação criminosa majorada pela participação de adolescentes, tráfico, associação para o tráfico e corrupção de menores.

As investigações prosseguem para ver se a quadrilha possui outros integrantes e o envolvimento deles em outros crimes. A polícia encontrou com os suspeitos, drogas, material para o preparo e venda de drogas, e outras armas já utilizadas pelos criminosos.

Todos os suspeitos possuem antecedentes. Segundo a delegada de Polícia, Dra. Luciana Canaverde, as armas seriam transformadas em dinheiro para abastecer a quadrilha, e prosseguir no mundo do crime. Daqui a pouco, a própria delegada dará mais informações sobre o assunto. Será ás 12hs 30min no REPÓRTER INTERATIVO.

 

========================================= 

Publicado em 08 abril 2019

ÁGUA BOA - Um roubo, sequestro e cárcere privado foi registrado hoje no Bairro Tropical. Os policiais militares se deslocaram para a Av. Tropical assim que receberam o chamado. O fato ocorreu por volta das 5hs 30min, quando as galinhas que o proprietário cria, ficaram assustadas. A esposa da vítima foi verificar o fato e já encontrou 8 elementos armados com armas curtas, anunciando o roubo.

Os suspeitos logo ameaçaram e agrediram o casal com tapas e coronhadas na cabeça, amarrando-os em seguida com as mãos. Ele ainda teve o rosto coberto por uma fronha de travesseiro. A mulher ficou amarrada no quarto onde sua filha de 3 anos dormia.

A todo momento os suspeitos conversavam entre si dizendo que queriam entrar na residência ao lado, de um médico. Eles comentavam inclusive saber quantas pessoas moravam na casa ao lado, inclusive a quantidade de cães da propriedade.

Os bandidos também insistiram em saber onde estavam as armas da vítima. Em seguida, os marginais localizaram um revólver calibre 22 e uma espingarda cal. 28, ambas registradas em nome de uma pessoa já falecida.

Depois, os marginais pegaram algumas joias e ainda indagaram sobre o trabalho da vítima. Ele disse que seu patrão o pegaria em casa, se ele não chegasse logo ao trabalho. Os suspeitos, nervosos, pegaram um Grand Siena branco da família, placa OAZ-9678 e fugiram. Outros 3 suspeitos permaneceram na casa e em seguida, eles também saíram do local, informando que abandonariam o veículo próximo da UAB.

O veículo foi encontrado pela PM no estacionamento da Casa Mortuária. Após intensas investigações, os suspeitos foram detidos hoje durante o dia.

AS forças policiais não mediram esforços em solucionar o caso.

DETALHES AMANHA