• Informativo Camara
  • Anuncie
  • Brasil Escolar

         

0
0
0
s2sdefault

Foto: Araguaia NotíciasARAGARÇAS/GO - Num excelente trabalho das Forças de Segurança foram presos na tarde de domingo (10/2) três suspeitos de terem colocado fogo em sete ônibus, um rabecão do IML e uma ambulância da prefeitura de Aragarças-GO. Eles se dizem integrantes de uma facção criminosa.

O incêndio criminoso aconteceu durante a madrugada de domingo e teria sido praticado como represália dos criminosos pela morte de um suspeito em Bom Jardim de Goiás.

Entre os suspeitos detidos está um rapaz que teria admitido o crime. As prisões foram realizadas pelo Grupo Patrulhamento Tático (GPT), Polícia Militar de Goiás, Agência de Inteligência da PM, Polícia Militar de Mato Grosso e Polícia Civil de Aragarças sob comando do delegado Ricardo Galvão.

Segundo informações preliminares, uma mulher também foi presa e estaria assumindo a autoria do atentado.

 

================================== 

 

Aragarças/GO - Nove veículos foram destruídos na madrugada de hoje por um incêndio considerado misterioso no pátio da prefeitura de Aragarças, Goiás. O prejuízo passa dos R$ 2 milhões.

Entre os veículos incendiados, estavam sete ônibus e um micro-ônibus. Este foi no maior incêndio registrado na região de Barra do Garças, segundo o Corpo de Bombeiros. As chamas foram combatidas pelos homens do Corpo de Bombeiros, policiais e voluntários.

O prefeito de Aragarças, José Elias Fernandes, acredita que se trata de uma retaliação à sua administração. Ele já pediu ajuda ao governo de Goiás e ao Governo Federal, pois não tem como atender aos estudantes que dependem do transporte escolar.

As investigações iniciaram por parte das forças policiais da cidade que estão contando com apoio do Corpo de Bombeiros e da Politec.

O incêndio criminoso pode ter sido causado também por criminosos descontente com a morte de um suspeito no sábado, na cidade de Bom Jardim de Goiás.