• Brasil Escolar
  • HVA
  • Informativo Camara

         

0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 12/06/2018

 

ÁGUA BOA – Foi transferido ontem (11/06) do Hospital Vale do Araguaia para o Hospital Regional Paulo Alemão, o paciente Jorcelino Alves. Ele foi alvejado com vários tiros de arma de fogo na Praça do distrito de São José do Couto, Campinápolis, no domingo.

Nesse tiroteio, morreu Gilberto Ferreira. Jorcelino passou por diagnóstico e foi transferido a noite passada para o Pronto Socorro da capital.

Conforme a administradora do Hospital Regional, Salete Lauermann, o paciente necessita de atendimento de neurocirurgião. Jorcelino tinha sido alvejado com dois tiros na cabeça, um no braço e outro na mão.

 

============================= 

 

Armas Campi net CAMPINÁPOLIS - A Polícia Militar recebeu informação de que uma pessoa estava guardando armas envolvidas no homicídio e na tentativa de homicídio no distrito de São José do Couto, Campinápolis.

A guarnição dos soldados Jobson e Neris se deslocou para aquele distrito. O subprefeito do distrito do Couto, Cleibe Farias, informou ao policiais ter recebido as armas de terceiros. As armas estavam guardadas no Posto de Saúde do distrito e foram repassadas aos policiais militares.

Os dois revólveres com cartuchos deflagrados e intactos foram anexados ao Boletim de Ocorrência que investiga os dois crimes.

 

===================== 

CAMPINÁPOLIS - A Polícia Militar foi informada de que houve um homicídio neste domingo no distrito de São José do Couto, Campinápolis. Outra pessoa saiu ferida neste episódio.

Ambos haviam sido trazidos para os hospitais de Água Boa na noite de domingo. No Hospital Regional Paulo Alemão, encontraram já em óbito Gilberto Ferreira, alvejado por vários tiros de arma de fogo no tórax.

A esposa da vítima informou à polícia o nome do suspeito que teria matado seu marido. Outra pessoa ferida, Jorcelino Alves, foi encaminhado para o Hospital Vale do Araguaia, também ferido por disparos de arma de fogo. Ele foi alvejado por disparos na no olho esquerdo, braço, mão e nuca.

Algumas testemunhas familiares das vítimas prestaram depoimento e as informações foram anexadas ao Boletim de Ocorrência. Tudo será agora investigado pela Polícia Civil. O tiroteio teria ocorrido na Praça do distrito de São José do Couto, aparentemente por desentendimento. Atenderam a ocorrência, o Tenente Galvão e o soldado Jhonny