• HVA
  • Informativo Camara
  • Brasil Escolar
  • Supera

         

0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 01/03/2018

Dra Alice PromotoraÁGUA BOA - A promotora de justiça da Infância e Juventude da comarca concedeu entrevista agora a pouco. A Dra. Alice Cristina de Arruda e Silva Alves informou que analisou profundamente o homicídio de um menor no bairro Cristalino, ocorrido na terça-feira dessa semana.

Ela ressaltou que essa situação tramita em segredo de justiça, e por isso, são reveladas poucas informações. Providências estão sendo tomadas no sentido da representação, e pedidos de internação de alguns ou de todos os menores. Seis menores foram apresentados ao MPE, e todas as providências cabíveis na forma da lei foram tomadas pela promotoria da Infância e Juventude. “Por lei, apesar de serem menores infratores, eles tem direitos no ECA”, observou ela.

A promotora sabe que a violência aumentou entre adolescentes nos últimos meses na cidade, e qualificou tudo como uma situação complicada. Dra. Alice lembra que as pessoas que compartilham imagens de menores brigando não estão ajudando em nada para acabar com o problema. Porém, se isso for levado às autoridades, daí sim, pode-se tomar providências cabíveis.

Citou que imagens de brigas registradas no ano passado, levaram a uma investigação policial para apurar e tentar punir os responsáveis. A promotora de justiça declarou que a ausência da família e a tentativa de repasse de responsabilidades ao Estado, é que estão levando os menores a situações de risco. A promotora salientou que muitas famílias se queixam dos filhos e pedem que o Estado eduque as crianças. Essas atribuições são da família e não do Estado, observou ela. A promotora da Infância e Juventude reconheceu que essa situação envolvendo menores preocupa as autoridades.

Ela espera que ações coletivas sejam construídas no sentido de ajudar os menores em situações de risco e vulnerabilidade. Dra. Alice vai ministrar palestras em parceria com a Defensoria Pública, nas escolas do Cristalino e 09 de Julho, justamente para ajudar a educar e informar os adolescentes sobre a problemática. Também os familiares serão convidados a participar das palestras. Existe um outro movimento que tentará reunir todas as autoridades e instituições na busca de soluções que minimizem o problema. A promotora reconheceu que nem sempre há vagas para a internação de menores delinquentes.

Ela citou advertências, palestras, visitas assistidas e prestação de serviços à comunidade, como medidas socioeducativas para recuperar os menores em situação vulnerável. “Precisamos de união de todos para tentar diminuir o crescimento da violência entre os adolescentes” destacou ela.

A promotora sabe que gangues de menores estão se formando na cidade e tocando o terror. Punir quem praticou ato isolado não vai resolver o problema da cidade, mas somente o caso. A solução para essa violência entre adolescentes só poderá vir a médio prazo, se todas as instituições fizerem sua parte, a começar pela família”, salientou Dra. Alice. A preocupação é prevenir a violência entre adolescentes de 10 e 11 anos.

A entrevista completa com Dra. Alice será apresentada no Repórter Interativo desta sexta-feira, às 12hs 30min.

========================

ÁGUA BOA – Welber Batista Franco, Delegado Regional de Polícia confirmou na tarde desta quarta-feira, que seis menores e um rapaz de 18 anos podem estar de alguma forma envolvidos com o assassinato de Ezequiel Ferreira Barbosa. Ele foi morto com um tiro na cabeça por volta das 13hs de terça-feira, na praça em frente à Escola do Bairro Cristalino. Dr Welber Batista Franco

São menores de 13 a 17 anos, sendo duas meninas. Uma delas pode ter colaborado para transportar as armas até o local do crime. O rapaz de 16 anos confessou que disparou com um revólver calibre 38 contra a vítima, apenas para se defender. Outro rapaz de 17 anos disse que tentou atirar 3 vezes contra os agressores, mas a arma Garrucha falhou.

As forças policiais ainda apreenderam um simulacro artesanal de arma tipo calibre 22, que pode ser letal se for usada de maneira adequada. Alguns dos menores apreendidos já tem antecedentes. O único maior, um rapaz de 18 anos, contou aos policiais que apenas deu carona de motocicleta para o autor do disparo. Ressaltou que não sabia nada do homicídio.

Já os familiares dos menores se disseram chocados com a tragédia. Dr. Welber disse que todos os participantes foram identificados e inquiridos. Os menores foram encaminhados ao Ministério Público Estadual nesta quarta-feira, para as providências legais. "Talvez alguns sejam encaminhados para internação em instituição socioeducativa".

O delegado ressaltou a ação das forças policiais que em poucas horas haviam apreendido todos os menores envolvidos no homicídio. Ele fez questão de ressaltar que famílias desagregadas são mais vulneráveis a tragédias assim. O crime chocou por ter ocorrido em uma praça em frente à uma escola, em plena luz do dia, e por motivos banais, os ciúmes entre os menores. A Polícia Civil ainda não sabe informar a origem das armas, o que ainda está sendo investigado. O corpo de Ezequiel foi sepultado na 4ª feira à tarde no cemitério municipal.

 

========================== 

 

ATUALIZADA DIA 28/02/2018

AGUA BOA – As forças policiais foram informadas ontem de um homicídio ocorrido na praça em frente a Escola Municipal Cristalino. Dois menores que participaram do atentado fugiram do local. Um terceiro menor também envolvido na briga que originou o homicídio também foi identificado e apreendido. Um dos menores suspeito de ter matado Ezequiel, correu para casa, onde sua convivente escondeu a arma e jogando fora em um terreno baldio do Cristalino.

De posse das informações, os policiais militares conseguiram deter a suspeita e localizaram um revólver calibre 38 Taurus com número de série, e uma Garrucha tipo basculante. Os policiais continuaram a perseguição passando em vários endereços. A PM também recebeu a informação de que outro suspeito fugiu de garupa em uma motocicleta preta até o Bairro Tropical, onde ele foi apreendido.

Depois disso, a PM recebeu denúncia anônima de que o menor responsável pelo disparo estava fugindo a pé pela MT-240 próximo da Caramuru. Ele foi detido em uma propriedade rural. Uma pessoa foi detida por ter dado auxílio na fuga dos menores. Advogados compareceram de imediato na Delegacia de Polícia para uma pronta assistência. Duas meninas participaram das agressões servindo de apoio para que os dois menores praticassem o homicídio. As armas foram transportadas nas bolsas das meninas até a escola.

Um dos menores também disse que a Garrucha falhou na hora de disparar. Ele teria intenção de atirar contra o primeiro suspeito do disparo. Todos confirmaram que a briga ocorreu por motivos passionais, ou ciúmes. Crianças que deveriam ter apoio familiar, pensar em estudos, acabam se envolvendo com problemas de gente adulta. Até um facão foi utilizado na briga, segundo depoimento de um deles. Peritos criminais da Politec estiveram no local da tragédia para efetuar levantamento.

Vários celulares dos menores foram apreendidos e podem ajudar nas investigações. Um artefato de fabricação caseira aparentemente usado para disparo de munição calibre 22 também foi apreendido com os menores.

Participaram da ocorrência o Major Gyancarlos, Tenente Felipe, Sub tenente Hennes, cabo Adailton, soldados Montel, Mayk, Viega, Jobson, Emerson, Marcos Antonio, Honda, Ricardo, Faustino, Jean, Victor, Costa, Andrade e Wellington. Diversos policiais civis também atenderam a ocorrência. Daqui a pouco, o tenente Felipe concederá entrevista para relatar as primeiras informações dessa grave ocorrência.

O corpo de Ezequiel está sendo velado na Casa Mortuária e será sepultado esta tarde no cemitério municipal. Sete pessoas foram detidas, um rapaz de 18 anos, e seis menores. Todos podem ser indiciados de alguma maneira por participação no homicídio.

 

=================== 

 

ATUALIZADA ÀS 18hs.

ÁGUA BOA - Foi morto no começo da tarde de hoje, terça-feira (27/FEV), por um tiro de arma de fogo, o adolescente Ezequiel Ferreira Barbosa, 14 anos. A confirmação é de fontes das polícias Civil e Militar. Ezequiel levou um tiro na cabeça de outro garoto na praça em frente à Escola Municipal Cristalino neste bairro. O crime chocou a comunidade escolar. Diversos adolescentes estavam no local da tragédia e estão prestando AGORA depoimento na Delegacia de Polícia.

A Polícia Militar localizou em seguida duas armas em um terreno baldio do bairro Cristalino. Seria um revólver calibre 38 Taurus e uma garrucha. Segundo familiares que estavam em frente ao CISC, Ezequiel é filho de Raimundo e de sua mãe adotiva, Helení. Os familiares de Ezequiel ficaram consternados com o assassinato. A mãe biológica de Ezequiel é Maria de Jesus, falecida na década passada.

Segundo o Delegado Regional de Polícia, o caso está sendo investigado. Uma força-tarefa de policiais civis quanto militares apreenderam o menor suspeito de ter disparo contra a vítima. Trata-se de um menor de 16 anos. A motivação do crime seria ciúmes, segundo os primeiros depoimentos colhidos pela PM, informou o Tenente Felipe.

Se confirmada a autoria do crime, o menor pode ser indiciado em Ato Infracional Análogo à homicídio. Dr. Welber Batista Franco disse que o menor poderá ficar alguns dias apreendido até que o juiz da Vara da Infância e Juventude decida sobre o caso.

O corpo do jovem passa agora (18hs) por necrópsia com o Dr. Adir Ferreira de Souza e o técnico Lucas Aparecido. Somente depois, será liberado para o velório.

Nossa reportagem conversou com Seu Raimundo, pessoa vastamente relacionada na sociedade, ligado à Fazenda Volta Grande no rio das Mortes. Ele estava chocado com a tragédia: "um pai jamais espera algo assim dos filhos".

O Dr. Welber passará as próximas horas (noite adentro) colhendo depoimento de vários menores que foram arrolados como testemunhas. Está confirmado que uma menina contou aos policiais que uma das armas foi repassada ao menor, por uma facção criminosa. Segundo o Tenente Felipe, alguns dos menores que assistiram ao fato não estavam conscientes da gravidade, pois comentavam com os policiais o homicídio como sendo algo 'normal'.

Novas informações em instantes...

 

=======================

 

ÁGUA BOA – Um jovem conhecido como Ezequiel foi assassinado por volta das 13hrs de hoje (27) no bairro Cristalino em frente à escola municipal Cristalino.

As primeiras informações de populares colhidas por nossa reportagem, dão conta que um jovem moreno de aproximadamente 14 anos estava na praça em frente à escola Cristalino esperando o ônibus escolar, quando outro homem chegou na esquina da escola com uma arma, a vítima saiu em direção ao rapaz que estava em posse da arma de fogo. O homem que estava na esquina, segundos depois, atirou em direção a vítima que morreu no local do crime.

Mais informações em instantes...