• Brasil Escolar
  • Informativo Camara
  • HVA

         

0
0
0
s2sdefault

RIBEIRÃO CASCALHEIRA - Nesta terça-feira (09/01), após rondas pela cidade, a equipe da Polícia Militar ao ver um rapaz em atitude suspeita o abordou. Após abordagem, busca pessoal e checagem (ABC), foi constatado um mandado de prisão por roubo em desfavor do suspeito.

Também foi apreendido com ele R$3.365,00 em espécie, pois, o mesmo não soube explicar à origem do dinheiro.

Mais um trabalho da PM, encontrando e prendendo procurados pela justiça. Na maioria das vezes os procurados pela justiça com mandado em aberto, acabam cometendo outros crimes.

A retirada dessas pessoas das ruas, protege ainda mais a população.

ÁGUA BOA - Durante patrulhamento ostensivo, a Polícia Militar foi abordada por populares no bairro Primavera.

As pessoas informaram a PM que na rua f8 com a f12, dois rapazes estariam fazendo uso de entorpecente na frente da residência. Um dos suspeitos, estaria em um carro de cor branca praticando crime de tráfico de drogas na cidade.

A PM ao chegar ao local, dois suspeitos, que estavam na lateral de uma residência, sentados, ao avistarem a viatura de Moto Patrulhamento da PM, correram, com uma mulher, para o interior de uma casa. A PM parou no local, e chamou a proprietária que autorizou a entrada dos policiais militares. Os suspeitos se esconderam dentro de uns dos quartos.

Foi pedido para que os rapazes saíssem com a mão na cabeça para fora e foi constatado que um dos suspeitos estaria com tornozeleira eletrônica.

O ato de estar fazendo uso de entorpecente quebra as regras do benefício dado pela justiça e afirmaram sim está fazendouso de entorpecente, pois, tentaram jogar fora o cigarro que estariam fumando. No momento das checagens a Força Tática se fez presente para apoiar a equipe de Moto Patrulhamento da PM, enquanto era realizada a busca dentro da residência.

Um dos suspeitos, que estava com a tornozeleira, chamou uns dos integrantes da Força Tática e falou que o outro suspeito, teria chegado na cidade a mais de 7 dias, e que teria trazido de Barra do Garças, uma quantia aproximada de 200 gramas de substância análoga a maconha e que estavam fumando a droga que ele teria trazido.

Na residência foi encontrado bastante vestígios de que, possivelmente a casa estaria sendo usada para o tráfico de drogas.

Foi encontrado papel filme usado para fazer o acondicionamento do entorpecente, bem como uma sacola na cor verde, com forte odor de substância análoga a maconha. Após a verificação os PM's se deslocaram até residência do suspeito com a tornozeleira, que autorizou a entrada dos militares da Força Tática e com o suspeito pegaram seus documentos e o alvará de soltura, e nada mais foi encontrado.

Os populares com medo de represália pediram para não serem identificados.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão aos dois suspeitos por estarão fazendo uso de entorpecente e conduzidos até o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC), posteriormente apresentados a autoridade policial de plantão.

CANARANA - Por volta das 22:30hrs de ontem (09/JAN), a Polícia Militar foi solicitada via 190 por um cidadão que não quis se identificar, relatando que em uma conveniência no Centro de Canarana, situada na avenida Mato Grosso, onde teria um cidadão de posse de uma arma e que o mesmo estaria tirando a arma do bolso e apontando para cima.

Ainda segundo o solicitante quem estaria no local armado seria o proprietário de uma lanchonete conhecida na cidade, de 60 anos.

A PM deslocou até o local. Ao chegar no local o dono da conveniência, de 33 anos, relatou a PM que o suspeito conhecido, foi ate seu comércio e devido à vítima a um tempoatras manter uma relação comercial com o suspeito, o qual comprava gelo do mesmo, porem deixou de comprar e por esse motivo o suspeito por se sentir prejudicado, chegou no comércio da vítima já bastante nervoso e começou a falar na frente de alguns clientes que se encontravam na calçada que era um senhor de idade e que não tinha nada a perder e neste momento retirou de seu bolso uma pistola e apontou para cima.

No entanto, a vítima que se encontrava no interior do comércio não viu a ação do suspeito só escutou as ameaças proferidas pelo mesmo.

Ainda segundo a vítima, apos os fatos o suspeito entrou em seu comércio e começou a ameaçar a vítima dizendo: "eu sou velho e não tenho nada a perder e isso não ira ficar desse jeito", sendo que a todo momento o suspeito colocava a mão em seu bolso e continuava as ameaças.

Apos os fatos o suspeito evadiu-se do local.

Diante das informações a PM iniciou rondas no intuito de localizar o suspeito, porem durante as rondas, recebemos novamente uma ligação informando que o suspeito estaria na lanchonete da qual era dono, localizada na avenida Parana.

De imediato a PM foi até o local. No local foi averiguado o suspeito encostado do lado de fora do balcão do bar, porem o mesmo ao perceber a chegada da PM, tirou algo, do bolso e jogou atrás do balcão. Neste momento, foi feita a abordagem no suspeito, bem como a revista pessoal no mesmo, porem nada foi encontrado, no entanto ao verificar o local aonde possivelmente teria jogado algo, foi encontrado uma pistola da marca Beretta cal 6.35 com um carregador contendo 09(nove) munições intactas cal 25.

Foi dado voz de prisão ao suspeito que foi detido, e no momento em que a PM encaminhava o suspeito para a viatura a esposa do suspeito entregou outra pistola cal 6.35 da marca Beretta com um carregador contendo 08(oito) munições intactas cal 25 que se encontrava no interior da residência do casal.

O suspeito foi detido e encaminhado para a 5° CIPM para a elaboração do boletim de ocorrência, sendo posteriormente encaminhado e entregue, com o material apreendido na delegacia policial local para conhecimento e demais providencias.

Policiais Atendentes: Cb PM Alexandre,Sd PM André Galvão e Sd PM Marcio.