• Informativo Camara
  • Brasil Escolar
  • Anuncie
0
0
0
s2sdefault

Roubos durante ExpovaleRoubos durante ExpovaleATUALIZADA 04/08

ÁGUA BOA - Conversamos com a Delegada da Polícia Judiciaria Civil de Água Boa, Dra. Luciana Canaverde, segundo a delegada, as investigações sobre os 13 arrombamentos à residências em Água Boa durante à 26° Expovale, foram realizadas, todas por as equipes da Polícia Civil de Água Boa, com o apoio das Polícias de Barra do Garças e Aragarças-GO. Segundo a delegada, alguns dias, após os crimes, foram presos em flagrante, 3 pessoas, de 19 à 25 anos de idade.

Com essas apreensões, foram desencadeadas as investigações para descobrir e prender o restante da quadrilha, que agia arrombando casas em várias cidades no Vale do Araguaia, durante grandes festas populares.

As investigações apuraram que um homem era mandante dos crimes, este homem é da região de Barra do Garças. Ele não participava diretamente no ato dos crimes. Somente organizava e mandava o restante da quadrilha para realizar os arrombamentos.

Junto com esse homem, mais 2 foram presos, acusados de cometer os crimes em Água Boa, durante à 26° Expovale. Foram totalizados 13 arrombamentos à casas em Água Boa, todos esses realizados pela quadrilha investigada e presa pela Polícia Judiciária Civil de Água Boa. No total 5 pessoas foram presas.

Uma equipe da Polícia Civil de Água Boa, se deslocou até os municípios de Barra do Garças e Aragarças-GO, para apurar onde os integrantes desta quadrilha estavam morando, para conseguirem realizar a prisão dos mesmos. A quadrilha foi presa no município de Aragarças-GO, com ajuda da Polícia Civil e Militar de Barra do Garças e Aragarças-GO.

A delegada ainda ressalta que é muito importante que à população de Água Boa que teve algum objeto furtado durante à 26° Expovale, procure a Polícia Civil da cidade para que seja reconhecido os objetos furtados. Ela conta, que somente com a descrição do Boletim de Ocorrência não é possível definir o proprietário dos objetos furtados. Por isso é importante que as vítimas dos arrombamentos compareçam à Delegacia, preferencialmente possuindo um documento que comprove que o objeto furtado é de sua propriedade.

 

 

 

==================================

 

Atualizada dia 03/08/2017 - A quadrilha que arrombava casas durante festas de rodeio e eventos foi presa durante uma operação nesta quarta-feira (2) feita pela Polícia Civil de Barra do Garças. De acordo com o Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra), os integrantes aproveitavam que os moradores se ausentavam para ir até os eventos e arrombavam as residências.

Segundo ainda a polícia os suspeitos foram os mesmos que arrombaram 13 residências na cidade de Água Boa, na quarta-feira da 26° Expovale. O mesmo grupo foi preso, agindo da mesma forma, no ano passado, na cidade de Torixoréu.

Há registros de assaltos semelhantes em cidades que promoveram eventos ou que eram vizinhas a municípios onde os eventos ocorriam. Nesses casos, as pessoas saíam de casa, iam para as festas e quando retornavam encontraram as residências arrombadas. Foram apreendidos um revólver calibre 32 com duas munições, uma espingarda adaptada para calibre 22, dois notebooks, um veículo e um drone.

Foram recuperados três televisores e diversos outros materiais furtados na cidade de Água Boa.

 

==========

 

 

ÁGUA BOA – Marginais aproveitaram a ausência dos moradores para praticar diversos arrombamentos e furtos a noite passada em nossa cidade. Os crimes aconteceram em vários pontos da cidade, como nos bairros centro, Norte, Industrial, Rodoviário, Operário e Guarujá.

Até agora, 10 boletins de ocorrência já foram registrados pelas vítimas na Delegacia de Polícia local. Em uma das ocorrências, as vítimas identificaram os suspeitos pelas roupas. Os policiais conseguiram deter três suspeitos que tem entre 18 e 25 anos. Eles são de Aragarças.

Em um dos arrombamentos, os marginais acabaram entrando na casa de um policial militar, e na sequência, eles foram presos. Os marginais utilizaram uma chave inglesa para quebrar o miolo da fechadura das portas, dando acesso ao interior das residências. Os marginais furtaram aparelho de televisão, celulares, joias, dinheiro, computador, aparelho de som, aparelho de DVD, uma espingarda e outros objetos das casas arrombadas.

Em todas as casas, não havia ninguém na residência, o que facilitou a ação dos marginais. As forças policiais orientam as pessoas para que redobrem a vigilância, e se possível, deixem uma pessoa na casa. Alguns moradores vítimas dos arrombamentos reclamaram que falta iluminação pública em alguns pontos da cidade, o que ajuda a marginalidade.

O Tenente Coronel Wanderson Silva Sá informou que ontem dois roubos foram registrados em nossa cidade, bem como dois furtos e arrombamentos informados à Polícia Militar. Nesses casos, os policiais conseguiram prender os marginais e recuperar os bens furtados. Isso rendeu elogios por parte das vítimas à pronta ação da PM.