0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – O desaparecimento do engenheiro-agrônomo Éder Tadeu Maciel da Costa, desapareceu com 29 anos, completou 9 meses e 6 dias, sem nenhuma pista do seu paradeiro.

Nem a Polícia Civil, de Água Boa, que investiga o caso, nem a família tem informações do agrônomo. Antes de sumir, ele deixou marcas em uma lavoura de milheto, a apenas 8km da cidade, dia 5 de maio de 2017. A caminhonete da empresa em que ele trabalha foi encontrada abandonada nessa plantação. Conforme a polícia, não havia marcas de sangue no veículo.

 

===================

 

ATUALIZADA DIA 28/AGO

ÁGUA BOA – O misterioso desaparecimento do engenheiro agrônomo Éder Tadeu Maciel da Costa, de 29 anos, vai completar 4 meses no próximo dia 5 de setembro, sem nenhuma pista do seu paradeiro.

Nem a Polícia Civil, de Água Boa, que investiga o caso, nem a família têm informações do agrônomo. Antes de sumir, ele deixou marcas em uma lavoura de milheto, a apenas 8km da cidade, dia 5 de maio desse ano. A caminhonete da empresa em que ele trabalha foi encontrada abandonada nessa plantação.

Conforme a polícia, não havia marcas de sangue no veículo. A mulher de Éder, Letícia Mendes, disse que a família vive dias de angústia por não saber onde o marido está.

 

================ 

 

ATUALIZADA DIA 06/06

ÁGUA BOA – O misterioso desaparecimento do engenheiro agrônomo Éder Tadeu Maciel da Costa, de 29 anos, completou um mês nesta segunda-feira (5), sem nenhuma pista do seu paradeiro. Nem a Polícia Civil, de Água Boa, que investiga o caso, nem a família dele têm informações do agrônomo. Antes de sumir, ele deixou marcas em uma lavoura de milheto, a apenas 8km da cidade.

A caminhonete da empresa em que ele trabalha foi encontrada abandonada nessa plantação. Conforme a polícia, não havia marcas de sangue no veículo. A mulher de Éder, Letícia Mendes, disse que a família vive dias de angústia por não saber onde o marido está.

 

=================== 

 

ATUALIZADA DIA 24/05 

ÁGUA BOA – Está cercado de mistérios o desaparecimento de um agrônomo da empresa SGS Unigeo. Eder Tadeu Maciel Costa, 28 anos, está desaparecido desde a manhã de sexta-feira, 05 de maio. Ele viajava de Água Boa para Canarana.

Eder reside em Nova Mutum, mas estava trabalhando no Araguaia. O veículo Sandero prata da empresa foi encontrado com danos materiais em uma lavoura às margens de uma estrada de chão batido que liga os fundos da Fazenda Mantiqueira com o acesso à Nova Nazaré. O local onde o Sandero foi encontrado, a fazenda Água Boa fica a cerca de 8 quilômetros da entrada da cidade.

O rastreador do veículo informa que ele parou por volta das 10hs da manhã de sexta-feira, segundo informação extraoficial de familiares. A Polícia Civil de Água Boa ainda não tem informação sobre seu paradeiro. Ele está sumido há 20 dias. Segundo a polícia civil, sua conta bancária e seu telefone celular não foram mexidos de lá para cá. Qualquer informação pode ser repassada à polícia, nos telefones 190 ou 197.

Policiais e voluntários fizeram uma varredura nas lavouras da região onde ele desapareceu, procurando porm vestígios, mas nada foi encontrado.

 

================= 

 

ATUALIZADA DIA 07/05 

ÁGUA BOA - Está cercado de mistérios o desaparecimento de um agrônomo da empresa SGS Unigeo. Eder Tadeu Maciel Costa, 28 anos, está desaparecido desde a manhã de sexta-feira, 05 de maio.

Ele viajava de Água Boa para Canarana. Eder reside em Nova Mutum, mas estava trabalhando no Araguaia. Seu veículo Sandero prata foi encontrado com danos materiais em uma lavoura ás margens de uma estrada de chão batido que liga os fundos da Fazenda Mantiqueira com uma estrada de acesso ao município de Nova Nazaré.

O local onde o Sandero foi encontrado, a fazenda Água Boa fica a cerca de 8 quilômetros da entrada da cidade. Pertences do agrônomo foram encontrados no carro, mas não há pistas dele. O rastreador do veículo informa que ele parou por volta das 10hs da manhã de sexta-feira, segundo informação extraoficial de familiares.

A Polícia Civil de Água Boa ainda não tem informação sobre seu paradeiro. Qualquer informação pode ser repassada à polícia, nos telefones 190 ou 197.

Ontem à tarde, o locutor da Rádio Interativa, Divino José, esteve no local onde o Sandero foi encontrado. Divino José fez imagens áreas com seu drone e descobriu que o veículo percorreu um grande trecho da lavoura de milheto.

O Sandero entrou por um lado da lavoura e fez várias voltas por dentro da plantação, causando grandes prejuízos. Após dar várias voltas dentro da lavoura, o veículo foi abandonado na saída da lavoura, em frente à estrada de acesso da fazenda Água Boa.

Isso só faz aumentar o mistério do desaparecimento de Eder Tadeu Maciel Costa. O telefone para contato com Divino José é 9-9619-3181. (Inácio Roberto)

 

======================== 

 

Foto: Arquivo familiarÁGUA BOA - Está desaparecido desde a manhã de ontem o agrônomo Eder Tadeu Maciel Costa, de 28 anos. Eder trabalha na empresa SGS Unigeo, e está desaparecido desde a manhã desta sexta-feira, 05 de maio.

Eder saiu de Água Boa com destino a Canarana, quando desapareceu. O veículo da empresa em que o agrônomo estava, um Renault Sandero prata, foi encontrado batido a cerca de 10 km de Água Boa. Os seus pertences de Eder estavam no interior do veículo, porém o jovem ainda não foi localizado.

O rastreador marcou que o veículo parou por volta das 10h da manhã.

As informações são de familiares do agrônomo, residentes no interior do estado de São Paulo.

Qualquer informação deve ser repassada a polícia através do 190 (Polícia Militar) ou 197 (Polícia Civil). (Água Boa News-Clodoeste/Caçu)

VEJA IMAGENS AÉREAS DO LOCAL DO DESAPARECIMENTO