• H Cancer MT
  • Brasil Escolar
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – Leandro Teixeira, secretário executivo do Consórcio Regional de Desenvolvimento Sócio Ambiental do Médio Araguaia, informa que as taxas de licenciamento ambiental cobradas pelo órgão foram reduzidas em 50%. Leandro Teixeira

Até o ano passado, o Codema cobrava 80% do valor que a Sema praticava. A partir desse ano, as taxas cairão 50%. O Codema efetuou estudos internos para chegar a esse limite.

O Codema passará a cobrar 40% do valor estipulado pela Sema. Quem encaminhar projetos a partir de agora será beneficiado com a redução das taxas de licenciamento ambiental.

A pressão popular efetuada no ano passado e uma audiência pública foram fundamentais para exigir a redução de custos. Leandro Teixeira na época se comprometeu em efetuar os levantamentos necessários para possibilitar melhores condições aos comerciantes da região.

Atualmente, o Codema também possui recursos em caixa, o que colaborou para permitir a redução das taxas aos empresários.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

 ÁGUA BOA – O sinal do telefone celular para a Serrinha deve retornar nesta quarta-feira. Acontece que um temporal danificou os equipamentos. O sinal da internet retornou hoje. A informação é de Sebastião Resende. Ele também disse que ontem, foram registrados mais 30 milímetros de chuvas na Serrinha.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – No mês de dezembro foram registrados apena 296 milímetros de chuvas no centro da cidade. A informação é de Adelir Uebel. Ao longo de 2.016, foram 1.468 milímetros de chuvas. Pluviometro

As chuvas de 2.016 foram inferiores ao registro de 2.015, que acumulou 1.573mm. Nos anos de 2.010 e 2.012, o índice pluviométrico também ficou abaixo dos 1.500mm. Neste mês de janeiro, o Inmet – estação meteorológica localizada no Rancho 17 ao lado da cidade, registrou 117 milímetros de chuvas. Em janeiro do ano passado foram 468 milímetros de chuvas.

Nos últimos 20 anos, o janeiro menos chuvoso ocorreu em 2.001, com apenas 48 milímetros de chuvas. A média aponta para chuvas sempre acima dos 300 milímetros em janeiro. No final de semana na Serrinha foram registrados 67 milímetros por Sebastião Resende.

A estação meteorológica do Inmet registrou 56,8 milímetros de precipitações neste final de semana. Arlindo ‘Mano’ Milnikel registrou 20 milímetros no PA Jaraguá neste domingo. Ele disse que os Rios Sete de Setembro e Areões saíram das calhas pela primeira vez nessa temporada de chuvas.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

Pluviometro - Fonte: Adelir Uebel ÁGUA BOA - No mês de novembro, foram registrados 310 milímetros de chuvas no centro da cidade. A informação é do colaborador Adelir Uebel, que há 20 anos faz a coleta dos índices pluviométricos. 

De janeiro até novembro foram registrados 1.172 milímetros acumulados. Para alcançar o mesmo índice de 2.015, seriam necessários 400 milímetros de chuva agora em dezembro.

Cabe salientar que a chuva do ano passado foi uma das mais fracas. Um índice aceitável seria próximo aos 1.900 milímetros.

Arlindo ‘Mano’ Milnikel, registrou no mês de novembro, 303 milímetros no PA Jaraguá.

Na Serrinha, Sebastião e Dejanira Resende registraram 313 milímetros no mês passado. (Inácio Roberto)

 
Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 01/12/2.016

ÁGUA BOA – As chuvas retornaram. Foram 60 milímetros a noite passada na Fazenda Paraíso dos Areões. Juarez Michel no PA Santa Maria registrou 40 milímetros.

 No Sítio Manguezal foram 33 milímetros. Na região da Fazenda Visão, 60 milímetros. No Bairro Guarujá, 50 milímetros de chuvas, segundo Vilmar Penz. Arlindo Mano Milnikel, registrou apenas 15 milímetros nas últimas 24 horas no PA Jaraguá. No mês de novembro, foram 303mil.

De ontem para hoje, Adelir Uebel registrou 30 milímetros de chuvas no centro da cidade. No mês de novembro, foram totalizados 310 milímetros de precipitações. Na Serrinha, Sebastião e Dejanira Resende registraram 15 milímetros de chuvas a noite passada.

 

 

 

=================== 

ÁGUA BOA – O índice pluviométrico do ano aponta que foram registrados até outubro, 862 milímetros de precipitações. No mesmo período do ano passado, janeiro a outubro, foram 1.223 milímetros. Os dados são de Adelir Uebel e referem-se a coleta da chuva no centro da cidade.

O déficit hídrico é de 361 milímetros nos primeiros 10 meses desse ano. Para alcançar a mesma chuva do ano passado, que chegou aos 1.573 milímetros, seriam necessários ainda 711 milímetros em novembro e dezembro.

Em 2.010, o ano com a maior seca, foram apenas 1.483 milímetros de chuvas. De janeiro a outubro, tinham sido 867 milímetros no centro da cidade. Portanto, existe muita semelhança nos índices pluviométricos de 2.010 com 2.016. O ano mais chuvoso das duas últimas décadas, 2.005, registrou 2.409 milímetros. De janeiro a outubro daquele ano, foram 1.325 milímetros.

Nesse mês de novembro, Adelir Uebel registrou 187 milímetros. A chuva é considerada boa para a agricultura, mas não para recompor os mananciais de água.

 

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – As previsões meteorológicas divulgadas em agosto e setembro estão se confirmando. Na época, a previsão indicava chuvas esparsas para setembro e outubro, e primeira quinzena de novembro.

Porém, a partir da segunda quinzena de novembro, as chuvas vão se intensificar. É o que vem ocorrendo neste final de semana. Toda a região foi beneficiada com chuvas que ficaram na média dos 100 milímetros. Na casa de Arthur Seibt no bairro Tropical, foram 100 milímetros neste final de semana.

No bairro Guarujá, foram 80 milímetros. Na Serrinha, Sebastião Resende registrou o acumulado de 47 milímetros no final de semana.

Chuvas

 

Add a comment