• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 02 SETEMBRO 2019

 

aceab dejetos netCANARANA – As autoridades de Canarana estão atentas para o grave problema de falta de local para esgotamento dos dejetos das fossas em Água Boa. Desde março, os dejetos de Água boa eram encaminhados para Nova Xavantina.

Porém, quando a população de Xavantina soube do assunto, se mobilizou e fez pressão para acabar com o problema. O Secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Canarana, Charles Juliano Visconti, já avisou que Canarana não tem local próprio para o depósito de dejetos.

Também salientou que as empresas que trabalham com limpa-fossas devem ficar atentas para possível infração da legislação no transporte desses dejetos. Canarana está procurando se blindar contra possível despacho dos dejetos de Água Boa para a cidade vizinha. A reportagem foi feita pelo nosso colega Wallacy Riboli.

ÁGUA BOA – A ACEAB enviou ofício à prefeitura e à Câmara de Vereadores. Como representante do comércio da cidade, a entidade de classe está solicitando que os poderes Executivo e Legislativo resolvam com urgência o problema do destino dos dejetos das fossas na cidade.

A ACEAB disse no ofício que as empresas e a população em geral podem ser prejudicadas, se não houver local adequado para o esgotamento dos dejetos das fossas. As empresas querem prestar o serviço, mas não há local adequado para o destino ambientalmente correto dos dejetos.

A Associação Comercial representa o comércio que gera emprego, renda e impostos ao município, e por isso, pede uma resposta por parte das autoridades municipais.

 

=================================== 

 

PUBLICADO EM 20 AGOSTO 2019

 

ÁGUA BOA – O caos está instalado na cidade por conta da falta de local para despejo dos dejetos das fossas. fossa

Alguns estabelecimentos comerciais precisam esgotar todas as semanas suas fossas, por conta do grande fluxo de uso de água. Infelizmente, por falta de atitude da prefeitura, que nunca construiu local adequado para o despejo dos dejetos, toda a cidade está sendo penalizada.

As empresas de limpa fossas estão cheias de pedidos de clientes, desde residenciais a comerciais para a limpeza das fossas. A Defensoria Pública da cidade vem desde março tentando um acordo paliativo com a prefeitura.

Nunca houve apresentação de um projeto por parte do município. alguns estabelecimentos comerciais terão que lançar o esgoto na rua por não ter outra opção. Isso deve causar grandes problemas.

Nossas autoridades que foram eleitas e recebem altos salários para isso, devem solucionar o problema com urgência.

Para piorar a situação, quando as empresas promovia o serviço de limpa fossa com esgotamento aqui, o custo era baixo. Por inércia da prefeitura, o transporte para outra cidade custa bem mais caro, e quem paga a conta de novo é a população. Inadmissível.

 

====================================== 

20 AGOSTO

SETAE não recebe dejetos

ÁGUA BOA - O destino dos dejetos de fossas de Água boa entra para um novo capítulo na longa novela. mer 1 net

Desde fevereiro, os dejetos não podem mais ser despejados no Aterro Sanitário (lixão) do município. Acontece que no local, não havia estrutura necessária, nem autorização ambiental (licença) para isso.

Quando a Defensoria Pública da comarca foi informada dos fatos, imediatamente notificou a empresa responsável por administrar o lixão e a prefeitura, impedindo a continuação do serviço. De lá para cá, as empresas de limpa-fossas passaram a descartar os dejetos em uma lagoa de decantação de Nova Xavantina, licenciada para tal atividade.

Porém, agora, as empresas foram notificadas pela SETAE-NX que não receberá mais os dejetos.

Segundo as empresas de limpa-fossas de Água Boa, a Defensoria Pública da comarca já foi informada desse fato recente. Novo encontro está marcado para a próxima terça-feira, 27 de agosto, para voltar a discutir o assunto.

Literalmente, hoje, a cidade não tem para onde encaminhar os dejetos (merda) aqui produzidos. Até a poucos dias, a prefeitura não tinha apresentado um projeto novo em relação ao fato para a Defensoria Pública.

Mesmo sendo serviço de primeira necessidade o saneamento básico não vem sendo tratado como prioridade.

Toda a cidade está refém de uma situação caótica. Dias atrás, até o presidente da república, Jair Bolsonaro, ironizando a situação do meio ambiente, chegou a dizer que o brasileiro ""deveria defecar dia sim, dia não""!