• HVA
  • Informativo Camara
  • Brasil Escolar

         

0
0
0
s2sdefault

NOVA NAZARÉ – Fiscais do Ibama seguem no combate aos crimes ambientais. Na semana passada, três homens foram presos e acusados de extração ilegal de madeira dentro da Terra Indígena Areões, da etnia Xavante, em Nova Nazaré. Ibama - Foto: Araguaia Notícia

A fiscalização aconteeceu nos dias 4 e 5 de julho, quando fiscais da Unidade Técnica do Ibama de Barra do Garças flagraram intenso movimento de caminhões na reserva e flagraram um homem cortando lascas para o comércio em cerâmica da região.

Ele foi preso e teve uma motosserra e uma motocicleta apreendidas. Na ação mais dois suspeitos foram identificados por extração de madeira. Os três detidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Água Boa pelo furto de madeira em terra indígena.

Como resultado da operação foram apreendidas motosserras, um trator, e um grande volume de madeira cortada nos formatos de pranchas, vigas e mourões. Os presos foram multados em R$ 6 mil por hectare explorado ilegalmente.

Caso sejam condenados pela prática de crime ambiental, podem pegar penas que variam de dois a quatro anos de prisão.