• Informativo Camara
  • Brasil Escolar
  • HVA

         

0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 08/11

Dra Alice ÁGUA BOA – O Ministério Público Estadual continua apurando suspeita de crime ambiental em um córrego do P.A. Jatobazinho. A promotora de justiça Alice Cristina de Arruda e Silva Alves intimou o Codema e a Sema para buscar informações sobre o caso.

O Codema informou que o laudo depende apenas da Sema. A Sema, porém, não deu resposta ao Ministério Público. Nesta semana, a promotora solicitou novamente as informações técnicas sobre vistoria feita no local pela Sema.

Se em 5 dias a Sema não responder, a promotora tomará medidas cabíveis na justiça. Testemunhas já prestaram depoimento no caso. O inquérito civil foi instaurado em 06 de setembro.

 

========================== 

 

ATUALIZADA DIA 13/SET

BARRA DO GARÇAS – O Diretor regional da Sema de Barra do Garças informou que a denúncia de possível desvio de córrego para irrigação no PA Jatobazinho não procede. Luciano Nápolis Costa disse que os técnicos da Sema vistoriaram a área. Eles constataram que existe apenas uma represa no local, mas que a quantidade de água que entra na represa, continua fluindo para fora da represa.

Luciano disse ainda que a única notificação da Sema para o proprietário da área, diz respeito a falta de licenciamento dessa represa. Se o proprietário da terra efetuar o licenciamento da represa, o empreendimento estará totalmente garantido, disse o diretor da Sema.

ÁGUA BOA – Nossa reportagem ouviu novamente alguns moradores que ficam perto deste córrego no PA Jatobazinho. Estes moradores seguem descontentes.

Eles disseram que o córrego secou abaixo da represa. Os moradores afirmaram que denunciaram o fato na Delegacia de Polícia e no Ministério Público Estadual. Eles esperam uma investigação mais profunda em torno do caso.

 

 

 

 

 

 

================ 

 

ATUALIZADA DIA 17/AGO

ÁGUA BOA – Fiscais da Secretaria Estadual do Meio Ambiente estão ontem e hoje em nosso município. Ontem, eles se reuniram com o pessoal técnico do Codema – Consórcio Regional de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Médio Araguaia.

Em seguida, os técnicos da Sema efetuaram vistoria no interior para verificar denúncias. Um dos pontos visitados foi o PA Jatobazinho.

Existe ainda outra denúncia no PA Jatobazinho, de desvio de curso d’água para alimentar um reflorestamento. Uma terceira denúncia de crime ambiental ocorreu no PA Jaraguá, onde um varjão foi drenado, prejudicando vizinhos. A Rádio Interativa também já foi informada que existem outros casos semelhantes em outros pontos do interior.

 

=====================