• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

=== O resgate dos mineradores presos no norte do Chile começará à 0h (horário de Brasília) da quarta-feira, anunciou nesta segunda-feira o ministro de Mineração, Laurence Golborne. O ministro fez o anúncio após mostrar-se satisfeito com os resultados dos preparativos para o início do resgate dos 33 trabalhadores que desde 5 de agosto permanecem presos a 700 metros de profundidade na mina San José, na região do Atacama. Segundo Golborne, nesta segunda-feira foi feito um teste - "o mais real possível" - com a cápsula Fênix 1, que foi introduzida a 610 metros de profundidade e através da qual os mineradores serão retirados. "Os resultados foram muito promissores, a cápsula se comporta muito bem dentro do conduto e se adapta ao deslocamento com o revestimento", revelou.

O ministro também explicou que o revestimento do conduto com canos de aço, previsto inicialmente para os primeiros 96 metros do túnel, só cobriu os primeiros 56 metros, devido a problemas que não especificou. Agora os técnicos trabalham na instalação de um sistema de içamento austríaco, que será utilizado para descer e subir a cápsula, disse Golborne. "Isso demorará 48 horas, talvez um pouco menos, por isso o resgate pode começar a partir da meia-noite (horário de Brasília) da quarta-feira", detalhou. De acordo com o ministro da Saúde, Jaime Mañalich, os primeiros a utilizar a cápsula serão quatro pessoas da equipe de resgate, dois mineradores e dois enfermeiros, que descerão até o fundo da mina para apoiar a saída dos trabalhadores. Enquanto isso, os mineradores presos trabalham na galeria na instalação de uma plataforma para poder alcançar com comodidade a cápsula.

O resgate

A escavação do duto que alcançou os mineiros durou 33 dias. O processo foi concluído no sábado, quando os martelos das perfuradoras chegaram até o abrigo onde eles estão, a quase 700 m de profundidade. Concluída esta etapa, as equipes de resgate decidiram revestir o duto - ainda que parcialmente - para aumentar a segurança. O içamento começará somente na quarta, depois de realizados testes com as cápsulas vazias. A cápsula Fênix, que será usada para içar os mineiros, tem 53 cm de diâmetro. Todo trajeto de subida durará cerca de 15 minutos, apesar de a operação de saída levar cerca de uma hora para cada mineiro. Durante todo o percurso de subida, eles terão suas condições de saúde monitoradas, usarão tubos de oxigênio e se comunicarão com as equipes da superfície por meio de microfones instalados nos capacetes.

Veja Também

Policial
  • 31 Agosto 2019
  • Por Inácio Roberto

PM prende suspeito que furtou R$ 350,00 de idoso

COCALINHO - Na madrugada de ontem, 30/08/2019, a Polícia Militar de Cocalinho, efetuou prisão em flagrante do suspeito de 27 anos de idade, o qual furtou R$ 350,00 de um idoso. A vítima estava no...