0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – A falta de médico legista nos quadros da Politec continua ganhando espaço na mídia. No mês de julho, um dos médicos estava de férias, e pela escala da Politec, 8 dias do mês não havia médico plantonista. Isso exigiu o deslocamento dos casos de perícia para fora do município. Houve caso de um corpo transportado para Barra do Garças, para necropsia. 

Todas as despesas foram bancadas pela família da vítima. A omissão do estado é gigantesca nesse caso, e a situação pode piorar. Nossa reportagem já recebeu a informação de que no próximo mês de setembro, um dos médicos legistas da Politec entrará de licença… Por esse motivo, cerca de 8 dias de setembro não terão cobertura de profissional das perícias pela Politec em nossa cidade.

Todos os casos terão que ser direcionados provavelmente para Barra do Garças. Quando se trata de perícia por lesão corporal ou exame de corpo delito no caso de prisão, as viaturas das polícias da região terão que deslocar as pessoas até Barra do Garças, para um exame relativamente simples. As despesas são custeadas pelo Estado.

Se for morte violenta, a necropsia também terá que ser feita em Barra do Garças, só que as despesas correrão por conta dos familiares das vítimas.

Nossa reportagem repassou a informação ontem ao Ministério Público Estadual da comarca. A única saída é aguardar por uma posição do Ministério Público, diante da omissão gritante do Governo do Estado.

Veja Também