0
0
0
s2sdefault

Um onibus com mais de 40 servidores das cidades de Agua Boa, Canarana, Nova Xavantina e Barra do Garca do Garca foram participar da mobilizacao contra os projetos intitulados "pacote da maldade" do governador Mauro Mendes.

Um dos Projetos cria critérios para a Lei nº 8.278/2014, que estabelece a política de revisão geral anual (RGA) da remuneração e do subsídio para os servidores públicos que e outra proposta cria o novo Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).

Segundo o diretor da subsede de Agua Boa do Sindicato Incestigadores de Policia Civil Mato Grosso Aurelio Mendanha o governador esta crucificando e atribuindo a culpa do pseudo caos financeiro do estado aos servidores públicos, sendo uma inverdade e injustiça essa colocação, uma vez que o estado obteve recorde de arrecadação em 2018.

O diretor da Subsede do SINPOL MT Aurelio ainda diz que mesmo sem receber o salario de dezembro bem como a falta de pagamento do 13 salario os policiais estao trabalhando normalmente em respeito a sociedade.

Veja Também