0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – Empresários entraram em contato com nossa reportagem reclamando da grande movimentação de possíveis ‘andarilhos’ e ‘pedintes’ pelo comércio no centro da cidade. Em um dos casos o gerente de um supermercado, disse que é comum a frequência dessas pessoas nas portas dos comércios, porém, hoje (15), algumas pessoas estão atrapalhando os clientes, e constrangendo alguns usuários do comercio local.

Esse problema é alvo de muitas reclamações na cidade. ‘Pedintes’ nas portas dos comércios, principalmente no centro da cidade, pedindo dinheiro para pessoas, é um dos principais problemas mencionados pelos empresários. O Capitão Campos da Polícia Militar de Água Boa, disse que a PM tem recebido várias reclamações de empresários e populares, sobre esses acontecidos.

Ele esclarece que a PM não pode intervir no direito de ir e vir de ninguém, a não ser que a pessoa, esteja cometendo algum crime ou tenha mandado de prisão em aberto. O Capitão da PM diz também, que várias vezes a PM atendeu os chamados sobre essa situação e realizou o que poderia ser feito, abordagem e checagem dos indivíduos. Sem cometer crimes, e sem mandado em aberto a PM nada pode fazer sobre essa situação, a não ser liberar as pessoas abordadas.

O PM lembra ainda que qualquer atitude mais incisiva da PM, contra o direito de ir e vir de qualquer cidadão, pode incorrer em abuso de autoridade, sendo o policial responsabilizado pela conduta abusiva e podendo sofrer sanções até mesmo da lei. Campos afirma que quem se sentir lesado com atitudes de pedintes ou algo parecido em relação a essas situações, pode procurar auxilia na assistência social e até mesmo, busca por seus direitos na justiça, e ajuda da defensoria pública. Como normalmente eles estão nas ruas em frente aos comércios, o direito de ir e vir é preservado pois, não se trata de local particular.

Reuniões já foram feitas com várias autoridades do município, para discutirem o problema e nesses casos de ‘andarilhos’ e pessoas que tiveram alvará de soltura concedido e foram postas em liberdade e não tem recursos e onde viver na cidade, devem procurar ajuda na assistência social local. É a única forma de amenizar os problemas.

Para finalizar o Capitão Campos disse que sempre a PM está e estará à disposição para atender a população e tentar da forma viável em lei, resolver problemas como estes, porém, nestes casos onde os indivíduos apenas estão pedindo dinheiro, não possuem mandados de prisão em aberto, ou não estão cometendo ilicitudes a Polícia Militar não pode fazer nada.

Veja Também

Internet
  • 10 Julho 2019
  • Por Inácio Roberto

Turismo e meio ambiente em debate

COCALINHO – Um Dia de Campo do Grupo Roncador, Liga do Araguaia e Fazenda Água Viva ocorreu em Cocalinho, no dia 6 de julho. A iniciativa foi do pecuarista, empresário e cineasta Caio Penido. O...

Policial
  • 04 Julho 2019
  • Por Inácio Roberto

Máquina de cartão abandonada no centro

ÁGUA BOA – Uma máquina de cartão de crédito foi abandonada a noite passada em frente a Clínica Modelo, no centro da cidade. Quando os funcionários chegaram cedo, encontraram a máquina no local. O...