• Brasil Escolar
  • Anuncie
  • Informativo Camara
0
0
0
s2sdefault

Querência - Nesta segunda feira, a Comissão organizadora do 5º Leilão Direito de Viver fez há prestação de contas do jantar e leilão realizado no último dia 08 de Julho no Salão Paroquial de Querência, evento este que é em prol do Hospital do Cançer de Barretos/SP

Total entrada – R$ 164.734,00 total saída – 11.697,00

Lucro Liquido – R$ 153.037,00

 

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – Circula hoje na região Araguaia, o Jornal Interativo, edição desta semana. Confira as principais manchetes do jornal:

CAPA 480– 26ª Expovale foi sucesso.

- Entidades são beneficiadas pela Expovale.

- Desfile cívico pelos 39 anos de emancipação.

- Vulnerabilidade hídrica, a política da água.

- A hora da verdade.

- Corruptos e aproveitadores sempre vencem.

- Governo pavimenta pista de aeroporto de Querência.

- Palestra ‘Novos líderes para um novo Agronegócio’.

- Ocorrências policiais.

- Campeões do rodeio 2.017.

Estas e outras notícias no Jornal Interativo que circula neste final de semana no Araguaia.

 

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

  ÁGUA BOA - Acidente de trânsito na MT-414 na região do Seringal no interior do município na tarde de hoje. O pneu do veículo estourou por causa das pontas de pedras que aparecem na rodovia de chão batido.

A Hilux capotou resultando em danos materiais de grande monta. O motorista que se acidentou disse que a estrada precisa de recuperação urgente. Ninguém se feriu.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA - A obra de pavimentação da rodovia estadual MT-240, na saída de Água Boa, entrou na reta final. O trabalho foi conferido de perto pelo governador Pedro Taques, que esteve no município neste fim de semana, acompanhado de uma comitiva formada por secretários de Estado, representantes do agronegócio, deputados e prefeitos da região do Vale do Araguaia.
A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) irá concluir a pavimentação de 13.6 km da MT-240. Além disso, irá construir um trevo de aproximadamente dois quilômetros, que irá conectar Água Boa à Canarana e também à MT-020, que liga a região ao município de Paranatinga.
“Sempre que visito os municípios, faço questão de conferir a qualidade das nossas obras nas estradas. Temos mudado a realidade da nossa infraestrutura de maneira significativa. Só nesta gestão, já concluímos 1.700 km de asfalto, considerando as obras de pavimentação e de reconstrução”, declarou o governador, durante vistoria ao trevo.
Neste momento, estão sendo executados os serviços de sinalização da rodovia. O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, que acompanhou o governador em Água Boa, destacou que o Governo do Estado tem realizado obras em todas as regiões.
“Muitas das nossas obras estão sendo executadas por nós porque temos uma gestão eficiente dos recursos do Fethab (Fundo Estadual de Transporte e Habitação). Temos que agradecer aos produtores que têm entendido a importância da contribuição ao fundo. O nosso trabalho tem sido no sentido de avançar com obras em todas as regiões. Os resultados mostram que estamos no caminho certo”, afirmou.
Inauguração
Outro trecho da MT-240, entre Água Boa e Nova Nazaré, foi inaugurado pelo governador Pedro Taques, durante esta viagem à região do Vale do Araguaia. A pavimentação de 38 km é a realização de um antigo sonho da população local. (Ascom)

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

NOVA NAZARÉ – O governador do estado de Mato Grosso Pedro Taques (PSDB), acompanhado de uma caravana de deputados, visitou a cidade de Nova Nazaré no dia 08 de julho, onde inaugurou os 38 km de asfalto da rodovia MT-240, que liga Nova Nazaré a Água Boa.

O governador firmou o compromisso com os prefeitos João Teodoro Filho de Nova Nazaré, e Dalva Peres de Cocalinho, a construção da tão sonhada ponte sobre o Rio das Mortes, e da ponte sobre o Rio Borecaia. A conclusão da rodovia MT-326, do trevo até o Rei da Estrada, também foi tratada, uma vez que esta rodovia é responsável por cerca de 90% do escoamento de calcário de nossa região.

Na oportunidade, o  presidente da câmara de vereadores de Nova Nazaré,  Reginaldo Martins Del Colle, solicitou duas patrulhas mecanizadas para atender os produtores rurais do município. O governador Pedro Taques firmou o compromisso com Nova Nazaré de entregar o maquinário até 2018.

{cwgallery}

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA - O Executor da Unidade Avançada do Incra no Vale do Araguaia, Alyson Ferreira de Oliveira e a servidora Maria do Carmo fizeram reunião na manhã de terça-feira (04/07) com os parceleiros dos assentamentos no município. A reunião foi convocada pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Odair Prioli, e teve local na Câmara Municipal de Vereadores.
Na ocasião, os técnicos do Incra repassaram informações sobre o georreferenciamento, CAR - Cadastro Ambiental Rural, titularização e regularização dos lotes do Incra. Todos estavam revoltados com uma recente notícia de que o georreferenciamento e o CAR encaminhados, não teriam validade. O prejuízo ficaria de novo com os parceleiros. Agricultores da reforma agrária lotaram a Câmara de Vereadores.

Alyson explicou que o procedimento de georreferenciamento de CAR (Cadastro Ambiental Rural) é de obrigação do Incra, porém a instituição, já há alguns anos, não dispõe de recursos financeiros para fazer frente a este trabalho. Ele informou que o valor tem sido pago através de associações, de sindicatos e do próprio parceleiro. Porém o Incra só aceita doação integral de todos os lotes, sendo doados para o Incra para essas técnicas. "O que acontece é que muitas das empresas não têm entregue essa documentação para análise do Incra, por isso da demora no processo de georreferenciamento dos projetos de assentamento de Água Boa", informou Alyson. Ele ressaltou ainda que os parceleiros não perdem o investimento já feito.
Não existe uma legislação para o parceleiro, a obrigação de se adequar a nova legislação é do Incra. Porém o Incra não tem recursos para fazer, então conclamamos para a prefeitura, os parceleiros, que dispõe de mais recursos financeiros, que arquem com esse custo que o Incra não dispõe para pagar.

Temos exemplos de municípios no Vale do Araguaia que estão arcando com 30% do Geo para que saia a titularização destes lotes.
Quanto ao Simcar (Sistema Mato-Grossense de Cadastro Ambiental Rural), não é uma atribuição do Incra. O Simcar foi implantado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) em substituição ao SICAR (Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural), e a partir de então tem que se pagar uma taxa ao Governo do Estado, o que tem causado muitos transtornos financeiros para alguns parceleiros, porque eles tem que fazer o CAR e não dispõe desse dinheiro, que está custando em média R$ 2 mil.
Foi tratado ainda no encontro sobre as situações de desbloqueio dos lotes. Alyson disse que trabalha com cerca de 7 mil famílias no Vale do Araguaia, onde cerca de 50% das famílias estão bloqueadas por conta de um acórdão no Tribunal de Contas da União. Com esse bloqueio as famílias não conseguem fazer empréstimos, não conseguem a sua certidão para aposentadoria e diversas outras documentações.

Odair Prioli, destaca que a reunião foi bastante esclarecedora para os parceleiros, e que todos deixam um voto de confiança para o Incra por conta das medidas que ainda vão ser adotadas para a solução dos problemas atuais. Segundo ele, Alisson Ferreira de Oliveira, que é executor do Incra, firmou o compromisso para fazer uma reunião separada em cada Projeto de Assentamento da cidade, e irá começar com os assentamentos que mais estão avançados na documentação para conseguirem o georreferenciamento. Essa reunião tende a esclarecer os pontos a serem debatidos para cada assentamento de forma separada, como também, juntar toda documentação faltante. Odair, afirma que as reuniões tendem a ser, na atual situação a melhor forma para resolver o problema. Se a regularização da documentação acontecer, o investimento para com o georreferenciamento, não será perdido, tendo em vista que com toda a documentação juntada o processo pode ser concluído com êxito. Prioli lembra que a titularização definitiva dos assentamentos só acontecera com o georreferenciamento em poder dos parceleiros. Contudo, a reunião segundo o presidente do sindicato, foi muito esclarecedora, devolvendo a esperança para os parceleiros, ele torce também para que todos façam sua parte, e que as demais reuniões que iniciam já na próxima semana sejam satisfatórias e tragam de forma definitiva a resolução dos problemas relacionados ao georreferenciamento.
A reunião foi transmitida ao vivo pelo canal da Câmara www.aguaboa.mt.leg.br/tvcamara.

{cwgallery}

Add a comment