• Brasil Escolar
  • HVA
  • Informativo Camara

         

0
0
0
s2sdefault

COCALINHO – Os trabalhadores da Educação em Cocalinho entraram em greve nesta segunda-feira, 06 de agosto. A assembleia que tomou a decisão pela paralisação ocorreu no dia 30 de julho, na Escola José Umberto Moreira.

Segundo dirigentes do Sintep no município, há tempos que as cobranças são feitas junto à Administração Municipal sobre a elevação da classe e nível dos profissionais da educação. A luta vem dede agosto de 2.017.

O Sintep informa que o direito está garantido pela Lei 003/2.011, e que nada das exigências está fora da legislação. Segundo o Sintep, cabe ao gestor público apenas cumprir o que a lei determina.

Dirigentes do Sintep rebatem a informação da administração, de que um estudo estaria sendo feito, mas os resultados ainda não foram vistos. Os trabalhadores na educação cobram mais respeito e mais responsabilidade com a categoria.