• Informativo Camara
  • Anuncie
  • Brasil Escolar
0
0
0
s2sdefault

CUIABÁ - Os horários e locais do treinamento "Boas Práticas em Tecnologia de Aplicação Aérea e Terrestre" foram definidos para os eventos que serão realizados em dez municípios de Mato Grosso de 31 de julho a 4 de agosto. O curso é uma parceria entre a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e a Syngenta.

"O objetivo é ensinar e difundir práticas para aperfeiçoar os recursos e reduzir impactos em sistemas de produção agrícola", explica Cristiane Sassagima, gerente de Pesquisa e Gestão da Produção da associação.

O professor Ulisses Rocha Antuniassi, da Universidade do Estado de São Paulo (Unesp) campus Botucatu, irá ministrar os treinamentos. A grade abordará temas como desafios e inovações em tecnologia de aplicação, técnicas para redução da deriva, boas práticas na aplicação aérea e terrestre, programa CAS (Certificação Aeroagrícola Sustentável), entre outros.

O curso é direcionado para produtores rurais e aplicadores e terá aulas teóricas sobre aplicação aérea e terrestre e aula prática sobre aplicação aérea. Na tabela abaixo, há todas as informações. Não é necessário fazer inscrição antecipada para participar dos cursos e o ponto de encontro será sempre no local da aula teórica.

Município

Data

Horário

Aula teórica

Aula prática

Canarana

31/jul

8h às 11h

Sindicato Rural

Aviação RR

Querência

31/jul

14h às 17h

Sindicato Rural

Redex Aero Agrícola

Sinop

01/ago

8h às 11h

fazenda

Fazenda Vô Amantino

Sorriso

01/ago

14h às 17h

Sindicato Rural

Fazenda Nova Jerusalém

Lucas R. Verde

02/ago

8h às 11h

Sindicato Rural

Fazenda Palmeira

Nova Mutum

02/ago

14h às 17h

fazenda

Fazenda Mutum

S. José Rio Claro

03/ago

8h às 11h

fazenda

Fazenda Agro Mar (Bom Futuro)

C. Novo Parecis

03/ago

14h às 17h

Sindicato Rural

Aero Campo

Sapezal

04/ago

8h às 11h

Hangar fazenda

Aviação Agrícola Gaivota

Tangará Serra

04/ago

14h às 17h

Hangar fazenda

Fazenda Jatobá

Informações na Aprosoja, pelo telefone (65) 3644.4215, com os supervisores de projetos da associação ou RTVs regionais da Syngenta.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – A Escola Nova Esperança da Associação Pestalozzi passará por amplas reformas, cujas obras começam nesta quinta-feira, dia 20 de julho. A declaração partiu da Diretora da Escola. Iraci Torquato

A professora Iraci Torquato disse que por esse motivo, toda a estrutura de apoio e logística da escola está sendo transferida para as dependências do Parque de Exposições Antonio Tura. Quando as aulas forem retomadas para ao segundo semestre letivo, os alunos serão atendidos nos pavilhões de expositores e na área do Restaurante do Parque de Exposições.

A conclusão da ampla reforma nos prédios da Pestalozzi deve ocorrer até o final do ano. Iraci disse que a reforma era necessária há tempos, uma vez que a estrutura era antiga e apresentava vários problemas.

Os pais e familiares dos alunos da Pestalozzi estão sendo convocados a doarem trabalho, participando ativamente dos serviços. Demais interessados também podem doar materiais e mão de obra.

A diretora Iraci Torquato concederá entrevista daqui a pouco para falar sobre o assunto. A reportagem é de Wallacy Riboli.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

Noeli Capitânio

ÁGUA BOA – A presidente do Sintep – Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso, sub sede local lançou convocação aos trabalhadores na educação das redes municipal e estadual de ensino para uma assembleia geral nesta terça-feira, 27 de junho.

Noeli Capitanio disse que o encontro será a partir das 18hs na Escola Municipal Vila Nova. Na ocasião, os trabalhadores na educação discutirão a paralisação geral da sexta-feira, 30 de junho.

Também serão escolhidos os representantes da categoria para participar do Seminário Estadual da Educação – 52 anos de lutas, resistências e conquistas, previsto para a capital do estado.

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

BRASÍLIA - Por determinação do MEC (Ministério da Educação), estão suspensas parcialmente a partir desta segunda-feira (19) as atividades de 27 instituições de ensino superior distribuídas por todo o país.
Em um despacho publicado hoje no "Diário Oficial da União", o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Henrique Sartori de Almeida Prado, afirma que a decisão se deve a supostas irregularidades.
A medida cautelar é um desdobramento de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Faculdades Irregulares, instalada pela Alepe (Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco), que teve início com a denúncia de um grupo de estudantes do Pernambuco.
Entre as irregularidades apuradas pela CPI, estão a venda de diplomas, a classificação de cursos livres de extensão como cursos de graduação e a terceirização da oferta de ensino. O MEC não informou, no entanto, quais seriam as atividades investigadas em cada uma das 27 instituições de ensino.
Segundo a pasta, serão suspensos os serviços administrativos, como pedidos de abertura de novos cursos, por exemplo. As aulas continuam ocorrendo normalmente. Por isso, o MEC sustenta que os alunos não serão prejudicados e destaca que o processo de investigação se encontra ainda em andamento.
Veja a relação das instituições de ensino superior com atividades parcialmente suspensas pelo MEC:
Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG)
Faculdade Afirmativo (FAFI)
Faculdade América Latina de Ijuí (FAL)
Faculdade Anchieta do Recife (FAR)
Faculdade Atual (FAAT)
Faculdade Centro Oeste do Paraná (FACEOPAR)
Faculdade Cidade de Guanhães (FACIG)
Faculdade da Aldeia de Carapicuíba (FALC)
Faculdade de Ciência e Educação do Caparaó (FACEC)
Faculdade de Ciências Médicas da Bahia (Ciências Médicas)
Faculdade de Saúde de Paulista (FASUP)
Faculdade do Sertão (UESSBA)
Faculdade Ecoar (FAECO)
Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED)
Faculdade Paraíso (FAP)
Faculdade Paranapanema (FP)
Faculdade Regional Brasileira - Maceió (IBESA)
Faculdade Santa Cruz (FACRUZ)
Faculdade Santo André (FASA)
Faculdade Santo Augusto (FAISA)
Faculdade Teológica Evangélica do Rio de Janeiro (FATERJ)
Faculdades Integradas de Várzea Grande (FIAVEC)
Instituto Brasileiro de Educação Superior Continuada (IBEC)
Instituto de Educação e Tecnologias (INET)
Instituto Superior de Educação de Floresta (ISEF)
Instituto Superior de Educação de Pesqueira (ISEP)
Instituto Superior de Educação Franciscano Nossa Senhora de Fatima (FATIMA)

Fonte: UOL

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA - Diante de um país financeiramente abalado, ingressar ou permanecer no ensino superior tornou-se um desafio ainda maior e, muitos brasileiros vêm adiando a busca pelo diploma, pois as mensalidades inteiras tendem pesar ainda mais no orçamento.
A fim de minimizar as desigualdades sociais, o programa Mais Bolsas proporciona a milhares de pessoas o acesso à educação de qualidade mediante a concessão de bolsas de estudo, com descontos de até 50% nos níveis Superior e Básico.
Os moradores de Água Boa - MT e região podem concorrer a uma das 500 bolsas que estão disponíveis para o segundo semestre de 2017. Da variedade de cursos ofertados na cidade há vagas para Administração e Finanças, Comunicação Pública, Comunicação Empresarial e muitos outros que podem ser conferidos no site oficial do programa.
Para José Araújo, gerente do Mais bolsas, muitas pessoas encontram nos estudos uma forma de driblar a crise e crescer no mercado de trabalho, mas como o lado financeiro de muitos se encontra instável, o Mais Bolsas é uma ponte para facilitar a realização desse sonho.
Os interessados podem se inscrever gratuitamente no site maisbolsas.com.br, escolher a cidade, modalidade e o curso de interesse. Mais informações podem ser obtidas por meio do SAC, CHAT, redes sociais ou central de atendimento, nos telefones 4007-2209, para capitais e regiões metropolitanas, ou 0800 002 5854, para as demais localidades. (Ascom)

Add a comment
0
0
0
s2sdefault

 CUIABÁ – Aconteceu ontem na capital, reunião da reitora da UNEMAT, professora Ana de Renzo, com autoridades municipais da área da educação.

O objetivo era agilizar os procedimentos necessários para a implantação do curso de Direito no Polo da UAB local.

Trata-se de oportunidade inédita de abertura do curso superior de Direito para o Médio Araguaia. As tratativas devem avançar nos próximos meses para concretizar o sonho.

Add a comment