• Anuncie
  • Informativo Camara
  • Brasil Escolar

         

0
0
0
s2sdefault

CUIABÁ -  A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) alerta os agricultores sobre o prazo final para a realização do cadastro das propriedades com plantio de soja em Mato Grosso. A Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 002/2015, de 29 de setembro de 2015, prevê que o cadastro das propriedades com plantio de soja deverá ser realizado anualmente logo após o término do plantio da lavoura, não podendo ultrapassar o dia 15 de fevereiro.

O cadastro ou atualização do cadastro é online e pode ser feito por meio do Sistema de Defesa Vegetal do Estado de Mato Grosso (Sisdev), pelo endereço eletrônico http://vegetal.indea.mt.gov.br/SISDEV/.

Até quarta-feira (06/02), foram cadastradas 7.026 propriedades produtoras de soja em Mato Grosso, com área de plantio informada pelos produtores superior a 6,1 milhões hectares. Na safra 2016/2017 o número de cadastros somou 12.290 propriedades, com uma área de 8,2 milhões/ha com produção da oleaginosa.

Mato Grosso é o maior produtor de soja do país e, segundo cálculos recentemente divulgados pela CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento – o volume da oleaginosa colhido de suas lavouras anualmente é semelhante a de outros países agroexportadores, como a Argentina, por exemplo.
O período do vazio sanitário para a cultura do soja no estado dura 90 dias e vai de junho a setembro de cada ano e tem como principal objetivo, segundo informa o Indea-MT, “evitar a propagação do fungo da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) na safra seguinte. A ferrugem asiática da soja causa desfolha precoce da planta impedindo a completa formação dos grãos e consequente queda de ganho na produtividade”.

Anualmente, os técnicos do Indea-MT visitam mais de 5 mil propriedades rurais mato-grossenses informando sobre a importância de se observar com máximo critério das datas do calendário de cultivo.

QUERÊNCIA - Em Querência, o Indea instrui que os produtores procurem os seus contadores para realizar o cadastro das propriedades. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais também auxilia o pequeno produtor. O produtor que tenha dúvidas pode buscar instrução também junto ao escritório do Indea, que fica na Rua A16 Setor A, nº 25 - Centro de Querência.