• HVA Out Rosa
  • Brasil Escolar
  • Anuncie
  • Informativo Camara

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

ATUALIZADA DIA 15/09

COCALINHO – Aconteceu ontem na Fazenda Água Preta em Cocalinho, reunião de empresários e lideranças políticas. Na ocasião, a diretora da SRCal, Neila Godinho, e o Dr. Walter Annicchino do Calcário Roncador, receberam na sede da fazenda, o prefeito de Nova Nazaré, João Teodoro Filho, a prefeita de Cocalinho, Dalva Lima Peres, e o diretor da Guaxe Construtora, Marcio Aguiar. 

Na ocasião, as lideranças discutiram a necessidade da reforma urgente das pontes de madeira sobre os rios Borecaia em Nova Nazaré, e Água Preta em cocalinho. As estruturas estão deficitárias, ameaçando cair nas próximas semanas. Por enquanto, as carretas carregadas com calcário estão transitando por dentro do leito dos rios, beneficiados pela estação da seca. Porém, quando as chuvas retornarem, somente as pontes permitirão passagem.

Como as estruturas de madeira estão comprometidas, a região poderá ficar ilhada na próxima temporada de chuvas.

MOBILIZAÇÃO REGIONAL

COCALINHO – Lideranças políticas e empresariais definiram ontem, que farão pressão no Governo do Estado para que as obras de recuperação das pontes de madeira na MT-326 sejam celeradas. A maior preocupação das lideranças é com a situação precária da ponte sobre o Rio Borecaia. A estrutura está comprometida e ameaça cair.

Ponte do Borecaia ameaça cairJá a ponte sobre o Rio Água Preta também precisa de reforma. Ficou definido que os prefeitos de Nova Nazaré e Cocalinho farão convite aos demais prefeitos da região para integrar uma caravana que se deslocará à Cuiabá nos próximos dias para pressionar a Secretaria Estadual da Infraestrutura. As Câmaras de Vereadores, os Sindicatos Rurais, a Famato e as Associações Comerciais das cidades também serão mobilizadas no sentido de fazer pressão.

As lideranças estão preocupadas com a possibilidade das pontes caírem, causando prejuízos ao comércio e ao agronegócio da região. Dr. Walter Annicchino disse que a safra do calcário vai até dezembro, quando as chuvas já terão avançado na região. Sem o calcário na terra, as pastagens e as lavouras terão menos rentabilidade.

A MT-326 precisa estar em boas condições de trafegabilidade permitindo que carretas transporte o calcário para toda esta região do Médio Araguaia. Os municípios de Canarana e Querência, que necessitam de muito calcário também estão sendo convocados a aderir ao movimento. Daqui a pouco, a cobertura completa no bloco de reportagens.

PONTE DE CONCRETO

COCALINHO – A empresária Neila Godinho lembrou ontem da promessa de que seria construída uma ponte de concreto sobre o Rio Borecaia. A promessa foi feita por assessores do governo do estado no começo do ano. Até agora, porém, nada de mobilização para a instalação do canteiro de obras.

Segundo Neila, engenheiros informam que tal estrutura levaria quase um ano para conclusão. Enquanto isso, a ponte de madeira sobre o Brio Borecaia ameaça cair por falta de manutenção.

TRABALHO ACELERADO

COCALINHO – O diretor da Guaxe Construtora prometeu ontem que vai concluir o asfaltamento de um trecho de 40 quilômetros da MT-326 até o final do ano. Márcio Aguiar disse que a empresa assumiu um trecho das obras de asfaltamento da rodovia do calcário. Os serviços estão adiantados e devem ser concluídos até dezembro.

Aguiar lembra, porém, que todas as passagens de água neste trajeto, como bueiros e pontes, não serão construídos agora, por não estarem previstos na licitação. As pontes terão que ser construídas em outro momento. A guaxe trabalha no trajeto do Rio Água preta até ao Corixão.

Ele também se disse interessado em assumir mais um trecho de obras da MT-326, desde que haja amplo entendimento com o governo do estado a outra empreiteira que ainda não acelerou as obras na região. A Guaxe foi a segunda colocada na licitação deste trecho de obras.

 

 

========================== 

 

 

Ponte do Borecaia/Foto arquivo

ÁGUA BOA – Está previsto para hoje, na Fazenda Água Preta em Cocalinho, reunião com lideranças regionais, empresários e políticos.

Na ocasião, a diretora da SRCal, Neila Godinho, vai reivindicar a reforma urgente da ponte sobre o Rio Borecaia, na MT-326, em Nova Nazaré. A ponte sobre o Rio Água preta também necessidade de reforma.

Outra preocupação levantada pela empresária é referente a necessidade de conclusão urgente do asfaltamento entre Cocalinho e Nova Nazaré. Para ela, essa obra vai permitir o aumento no fluxo de veículos transitando do Araguaia para Goiânia. 

Também possibilitará a venda de calcário para o estado de Goiás. A reunião almoço será nesta quinta-feira na Fazenda Água Preta.

O repórter Interativo Inácio Roberto está acompanhando o encontro e vai trazer mais detalhes nas próximas horas.